Caxias do Sul Basquete/Banrisul perde para o Brasília por 95 a 67 no segundo jogo dos playoffs - Basquete Caxias do Sul - Esportes: notícias sobre o Caxias e Juventude e mais - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

NBB 806/04/2016 | 22h00

Caxias do Sul Basquete/Banrisul perde para o Brasília por 95 a 67 no segundo jogo dos playoffs

Série está empatada e terceiro confronto será nesta sexta-feira no Distrito Federal

Caxias do Sul Basquete/Banrisul perde para o Brasília por 95 a 67 no segundo jogo dos playoffs Felipe Nyland/Agencia RBS
Time caxiense errou muito durante a partida e foi presa fácil para o Brasília Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Maurício Reolon, enviado especial a Brasília (DF)

mauricio.reolon@pioneiro.com

O Caxias do Sul Basquete/Banrisul não conseguiu repetir o mesmo nível de atuação e foi batido pelo Brasília por 95 a 67, nesta quarta-feira, no Ginásio da Asceb, no Distrito Federal. Méritos também para os donos da casa, que tiveram ótimo aproveitamento nos arremessos de três pontos e desequilibraram o confrontou no terceiro quarto.

Guilherme Giovannonni e Deryk comandaram o triunfo aos anotarem 22 e 14 pontos, respectivamente. Alex foi o cestinha do Caxias com 13. A terceira partida ocorre no mesmo local, nesta sexta-feira, às 21h45min, com transmissão do Sportv.

O time brasiliense entrou em quadra pressionado pelo resultado do primeiro jogo. E logo de cara deu para ver que o time do técnico Rodrigo Barbosa iria encontrar muitas dificuldades. Era duelo em que cada espaço da quadra valia ouro. Por isso, as defesas prevaleceram.

Assim como ocorreu no primeiro confronto, o início foi disputado ponto a ponto, com muita briga embaixo do garrafão. Após dois erros caxienses no ataque, Pilar enterrou e os donos da casa abriram 18 a 9. O técnico Rodrigo Barbosa pediu tempo e, logo na sequência, voltou a cobrar Vinícius em uma conversa ao pé do ouvido sobre a movimentação ofensiva do time. Até melhorou um pouco, mas o bom aproveitamento ofensivo do Brasília prevaleceu para fechar em 25 a 17.

No segundo quarto, a equipe da casa insistia nas jogadas próximas à cesta para depois abrir espaços para os chutes de fora. O Caxias se manteve consistente e não deixou o adversário abrir larga vantagem. Só que, no ataque, estava difícil encontrar espaços. Precisando forçar muitos lances, foi para o intervalo perdendo por 44 a 33.

No retorno, Gustavinho parecia disposto a mudar a história. Chamou o jogo para si e fez duas cestas de três. Só que Giovannonni respondeu na mesma moeda. O Caxias acusou o golpe e o principal destaque do Brasília passou a chamar todas as jogadas ofensivas. 

Além dele, Deryk e Jefferson, com mais duas bolas de três, levaram a diferença para 22 pontos. No final da parcial, 74 a 51 para os mandantes.

No último período, a superioridade do Brasília só aumentou. Foram 12 pontos seguidos até a primeira cesta do Caxias com Tobias. Com o jogo decidido e os reservas em quadra, foi apenas cumprir o tempo restante.

Sem sustos, mas não conseguindo devolver a contagem centenária, o time da casa igualou a série e aumentou a importância do jogo de sexta-feira, novamente na Asceb.

PIONEIRO - Pioneiro

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros