Qualidade do Flamengo prevalece e Caxias perde em casa - Basquete Caxias do Sul - Esportes: notícias sobre o Caxias e Juventude e mais - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

NBB06/03/2016 | 13h07

Qualidade do Flamengo prevalece e Caxias perde em casa

Com maior público no Ginásio do Vascão, a equipe carioca foi superior e venceu o jogo por 97 a 80

Qualidade do Flamengo prevalece e Caxias perde em casa Felipe Nyland/Agencia RBS
Mesmo com grande apoio das arquibancadas, o Caxias não conseguiu vencer o Flamengo neste domingo Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Com o maior investimento da NBB, o Flamengo mostrou a sua superioridade sobre o Caxias e venceu por 97 a 80 , neste domingo pela manhã, no Ginásio do Vascão, que teve o seu maior público registrado nesta edição do NBB com 1016 espectadores.

Os alas Olivinha e Marquinhos fizeram a diferença para o rubro-negro. Olivinha foi o cestinha da partida com 26 pontos, enquanto Marquinhos fez 24.  Do lado do Caxias o pivô Marcão foi o maior pontuador com 16 pontos. O Caxias volta a jogar na quarta-feira diante do Rio Claro, fora de casa. A equipe caxiense precisa de pelo menos duas vitórias, nas três últimas rodadas para classificar aos playoffs.

A qualidade dos cariocas apareceu cedo no jogo, explorando as jogadas dentro do garrafão, a equipe carioca pulou na frente. Entretanto, o Caxias foi buscar o empate explorando as bolas do perímetro, equilibrando o jogo. Mas o equilíbrio não durou muito tempo, os caxienses, com um baixo aproveitamento no ataque, não conseguiram encaixar a marcação. Assim, o Flamengo conseguiu encerrar o primeiro período vencendo por 28 a 15.

O segundo quarto o Flamengo diminuiu o seu aproveitamento de ataque, mas o Caxias seguiu desperdiçando as oportunidades. Ainda assim, o jogo ficou mais equilibrado. Na segunda metade do período, com o retorno de Betinho, do banco, o Caxias melhorou seu aproveitamento. Mais ofensivo, a equipe caxiense abriu espaços para os cariocas e saiu do primeiro tempo, perdendo por 50 a 31.

O segundo tempo o jogo começou mais equilibrado, com o Caxias tendo bom aproveitamento ofensivo e equilibrando o jogo na marcação. A qualidade do Flamengo voltou a fazer a diferença na metade do período, com aproveitamento ofensivo muito superior aos caxienses e contando com algumas decisões duvidosas da arbitragem, pendendo pro lado carioca, os visitantes mantiveram uma vantagem superior a 15 pontos.

No último período, os cariocas reduziram o ritmo para administrar a partida. Já o Caxias explorou bastante os arremessos de três pontos para tentar reduzir a vantagem do Flamengo, que ficou sempre acima dos 15 pontos, durante a partida. O destaque do último quarto foi o ala Guto, do Caxias, que fez nove pontos, todos em arremessos de três pontos.
 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros