Família reunida para atender aumento de pedidos pela internet - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Caixa-Forte17/04/2020 | 09h25Atualizada em 18/04/2020 | 22h59

Família reunida para atender aumento de pedidos pela internet

Portal da Tutti Orgânicos ficou pronto na metade de março

O jovem Artur Tomazzoni, de 28 anos, “guri de apartamento” como se autointitulava, foi morar na propriedade do pai Renato Tomazzoni, na Linha 40, no interior de Caxias,  para buscar um lugar melhor para criar a filha Maria Cecília, de cinco anos. Ele e a mulher, Sabrina Sodré, aprenderam a cultivar orgânicos. Uma das primeiras ideias para ampliar a comercialização dos produtos certificados foi criar uma feira itinerante com uma Kombi vendendo em condomínios, restaurantes e escolas. 

Portal da Tutti Orgânicos ficou pronto na metade de março<!-- NICAID(14481347) -->
Foto: Gabriela Dinnebier Tomazzoni / Divulgação

No início deste ano, estruturaram ainda mais o negócio. Ampliaram a produção e lançaram um site para a venda de hortifrutigranjeiros sem agrotóxicos. O portal da Tutti Orgânicos ficou pronto na metade de março, bem no momento em que iniciou a crise do Coronavírus. Mas ao contrário de outros negócios que foram extremamente afetados, os jovens empreendedores precisaram ampliar a estrutura de atendimento para os pedidos. 

Em um mês, foram 340 entregas. Com o aumento da produtividade, a Tutti já tinha passado a fornecer em feiras e casas especializadas em orgânicos e tinham contratado um funcionário. Com as pessoas em casa por conta da pandemia, as entregas a domicílio aumentaram e eles estão com mais um diarista e com apoio dos pais de Sabrina. A mãe é costureira e estava sem pedidos, o pai trabalha em uma empresa que deu férias coletivas. Agora eles auxiliam a lavar os alimentos, embalar e deixar tudo pronto para as entregas.

_ Me sinto bem feliz de estar ajudando quem está precisando nessa hora de dificuldade financeira _ destaca Artur.

A Tutti continua com a Kombi que deu início ao negócios e agora tem mais um veículo de apoio para o transporte. Mas, mesmo com aumento de pedidos de tele, Artur precisou limitar o número de entregas por dia para dar conta de fazer o transporte sozinho, porque o pai que ajudava neste serviço está evitando sair do interior por conta da idade.

Agro duplamente afetado

A Diretoria do Agronegócio da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) fez uma análise dos impactos do Coronavírus para o setor. Além dos efeitos da pandemia, várias culturas estão sendo impactadas pelo clima. Frutas sofreram mais com a estiagem, porque hortaliças costumam ter produções mais controladas com irrigação e estufas. A uva enfrentou o excesso de chuvas na época de floração e, depois, a seca nos meses de amadurecimento. O levantamento da CIC partiu de um dos coordenadores da Diretoria do Agronegócio da entidade, Evandro Lovatel, e foi elaborado pelo economista José Paulo Soares. Eles estimam a redução de 25% no balanço da safra da uva deste ano. E o que foi colhido ainda não tem garantia de comercialização. Projeta-se uma redução nas vendas de vinhos em torno de 60% para os meses de março e abril, com restaurantes, festas e eventos parados. Para os cervejeiros, a redução estimada é ainda superior, 90%.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros