Postos de combustível de Caxias seguirão com restrição de horário - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Após Estado liberar23/03/2020 | 14h06Atualizada em 23/03/2020 | 14h10

Postos de combustível de Caxias seguirão com restrição de horário

Município manterá decreto que determina funcionamento das 8h às 18h de segunda a sábado

Postos de combustível de Caxias seguirão com restrição de horário Alana Fernandes / agência RBS/agência RBS
Foto: Alana Fernandes / agência RBS / agência RBS

Os postos de combustíveis de Caxias do Sul seguirão com restrição de horário como estabelecido no decreto municipal que vigora deste sábado (21) na cidade. A dúvida surgiu após o governo do Estado editar um segundo decreto na noite de sábado modificando a determinação original de redução de horário e permitindo o funcionamento 24 horas por dia, inclusive aos domingos.

Leia mais
Confira todos os itens do decreto que restringe o funcionamento do comércio e de outras atividades em Caxias do Sul
Decreto suspende passe livre e reduz oferta de transporte coletivo em Caxias do Sul

Com a mudança de decisão do governo do Estado, o assunto também voltou a ser debatido em reunião na segunda-feira (23) na prefeitura de Caxias do Sul. No entanto, o município decidiu manter a permissão de funcionamento somente entre 8h e 18h de segunda a sábado. As lojas de conveniência também podem abrir nesses horários.

De acordo com o secretário do Urbanismo, João Uez, a manutenção das regras mais rígidas ocorreu porque o município tem competência para legislar sobre os estabelecimentos da cidade e não precisa seguir as regras de outras esferas. Além disso, o horário menor já havia sido acordado com o Sindipetro, sindicato que representa os postos.

— Todas as ações de fechamento de empresas foram acordadas com seus respectivos sindicatos — revela.

Denúncias de qualquer estabelecimento que esteja descumprindo o decreto podem ser realizadas pelo Alô Caxias, no telefone 156.

Leia também
"Todos tiraremos lições deste momento", reflete economista sobre enfrentamento a coronavírus
Ruas vazias, lojas fechadas: o primeiro final de semana de quarentena contra o vírus na Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros