Caxias do Sul ficará sem voos comerciais a partir de sábado - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Aviação25/03/2020 | 14h50Atualizada em 25/03/2020 | 17h14

Caxias do Sul ficará sem voos comerciais a partir de sábado

Medida temporária é adotada pelas empresas Gol e Azul por conta do coronavírus

Caxias do Sul ficará sem voos comerciais a partir de sábado Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A partir de sábado (28), a Gol Linhas Aéreas não terá voos partindo e chegando no aeroporto Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul. Os últimos embarques e desembarques serão na sexta-feira (27). A atividade será retomada somente no dia 4 de maio. 

Neste período, a empresa irá manter a malha aérea apenas para as capitais e fará voos extras para atender eventuais demandas específicas em destinos regionais e internacionais. A companhia informa que quem tem passagem comprada pode antecipar o voo sem custos. 

Já a Azul Linhas Aéreas interrompeu temporariamente as operações em Caxias na segunda-feira (23). A retomada dos voos está prevista para 1º de julho. A empresa esclarece que está em contato com os clientes impactados pelas alterações e ressalta que todos eles serão reacomodados em outros voos.

O aeroporto de Caxias tem três voos diários. São dois operados pela Gol com destino a Congonhas, e um da Azul, com destino a Campinas, ambos em São Paulo. 

A Azul tem seis funcionários em Caxias. Em nota, a companhia informa que o plano de contigência inclui medidas como licença não remunerada, redução de salário de 50% dos membros do comitê executivo até a normalização da situação, a suspensão de novas contratações e a postergação do pagamento referente à participação nos lucros e resultados de 2019.

A Gol também adotou uma série de ações que atingem os funcionários, como redução salarial de 40% para diretores, vice-presidentes e CEO, válida para os meses de abril, maio e junho; redução da jornada de trabalho de colaboradores internos e aeroviários (com redução proporcional de salários); postergação de pagamento da participação nos lucros; e  trabalho remoto para áreas administrativas. A empresa não confirma o número de funcionários em Caxias, mas, conforme o diretor administrativo do aeroporto Hugo Cantergiani, Maurício Loreto D'Avila, são de 15 a 20 pessoas. 

O aeroporto permanece aberto para voos executivos e transporte médico (de órgãos, por exemplo). 

Leia também
Vinícola da Serra Gaúcha faz entrega a domícilio sem cobrança de frete para duas caixas ou mais
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Cesta básica em Caxias do Sul registra alta em fevereiro

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros