Limite de compras em free shops muda e sobe para US$ 1 mil  - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Caixa-Forte02/01/2020 | 10h19Atualizada em 02/01/2020 | 10h19

Limite de compras em free shops muda e sobe para US$ 1 mil 

Portaria do governo entrou em vigor no primeiro dia de 2020

Limite de compras em free shops muda e sobe para US$ 1 mil  Nauro Júnior/Agencia RBS
Portaria do governo entrou em vigor no primeiro dia de 2020 Foto: Nauro Júnior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Quem vai aproveitar as férias para fazer compras nos free shops, uma boa notícia: começou a valer nesta quarta-feira (1º) o novo limite de compras. Agora, quem voltar de viagens ao Exterior poderá comprar US$ 1 mil em produtos ou o equivalente em outra moeda, nos aeroportos. O limite anterior era de US$ 500. A medida vem de uma portaria publicada pelo Ministério da Economia. 

Já para quem atravessa as fronteiras por vias terrestres, como no Uruguai e na Argentina, o limite passa de US$ 300 para US$ 500. Quem ultrapassar o valor estipulado está sujeito ao pagamento da tributação especial prevista em lei. A portaria manteve o limite atual de US$ 500 da cota para compras feitas fora do país e trazidas para o Brasil na bagagem. 

Os free shops ou duty free shops são lojas geralmente localizadas em salas de embarque e desembarque de aeroportos onde os produtos são vendidos sem a cobrança de encargos e tributos, como o Imposto de Importação, o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Leia também
Nova troca no comando da prefeitura de Caxias
Candidatos a prefeito e vice de Caxias para eleição indireta serão conhecidos nesta quinta 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros