Novembro registra alta de 7,3% no preço médio da gasolina em Caxias do Sul - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Seu bolso30/11/2019 | 13h41Atualizada em 30/11/2019 | 13h41

Novembro registra alta de 7,3% no preço médio da gasolina em Caxias do Sul

Litro na cidade varia de R$ 4,64 a R$ 4,69, segundo a ANP

Novembro registra alta de 7,3% no preço médio da gasolina em Caxias do Sul Jonas Ramos/Especial
Foto: Jonas Ramos / Especial

O mês de novembro termina com uma alta de R$ 0,32 no preço médio da gasolina em Caxias do Sul. Pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) realizada entre segunda-feira (25) e quinta-feira (28) e divulgada neste sábado (30) aponta o custo do litro em R$ 4,66 nas bombas da cidade, o mais alto desde o início de agosto. O valor não variou em relação à semana anterior, mas representa um aumento de 7,37% em relação à pesquisa divulgada no dia 2 de novembro, quando o litro saía por R$ 4,34, em média.

O levantamento também apontou que os preços estão mais equilibrados em relação a outros períodos, com litro mais barato custando R$ 4,64 e o mais caro, R$ 4,69. Para os postos de combustível, o custo do combustível subiu 2,83% no mês, passando de R$ 3,88 para R$ 3,99, em média. Na última semana, a variação foi de R$ 0,03 para mais.

Na última quarta-feira (27), a Petrobras anunciou um aumento de 4% no preço da gasolina nas refinarias. O reajuste se deve à forte alta do dólar nas últimas semanas, que impacta na cadeia de produção e distribuição de combustíveis, já que o petróleo é negociado na moeda americana. O custo já começou a ser repassado para o consumidor.

O diesel teve pouca variação ao longo do mês, mas registrou redução, passando de R$ 3,67 para R$ 3,63. Na última semana, a queda nas bombas foi de R$ 0,01. A ANP não levantou os preços pagos pelos postos. Já o etanol está R$ 0,08 mais barato em relação ao início do mês, embora tenha aumentado R$ 0,01 na última semana em relação à semana anterior. O preço médio apontado pela pesquisa mais recente é de R$ 4,06. As revendas, porém, passaram a pagar R$ 0,02 a mais pelo litro ao longo do mês.

O preço da gasolina e do diesel nas refinarias são definidos pela Petrobras com base, principalmente, no valor do barril de petróleo no mercado internacional e no valor do dólar. Ao longo da cadeia de distribuição, no entanto, são acrescidos impostos e margens de lucro, entre outros custos, que determinam o preço a ser pago pelo consumidor. No caso do etanol, derivado da cana de açúcar, o preço é ajustado pela sazonalidade do mercado.

Leia também
Homem é preso após usar nome de PM para aplicar golpe em Caxias do Sul
Investigação sobre furtos em Gramado leva apreensão de arsenal na Região Metropolitana
Projeto premiado da Marcopolo estimula atividades com estudantes e realiza reforma em escolas de Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros