Embaixadores africanos visitam a Serra para estreitar laços com empresas caxienses - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Oportunidade08/11/2019 | 13h25Atualizada em 08/11/2019 | 13h30

Embaixadores africanos visitam a Serra para estreitar laços com empresas caxienses

A comitiva visita o município à convite da CIC, Simecs e do MobiCaxias

Desde quinta-feira (7), uma comitiva formada por embaixadores africanos visita o Rio Grande do Sul. O grupo já passou pela capital gaúcha e participou de encontro com o governador Eduardo Leite. Nesta sexta-feira (8), a comitiva está visitando Caxias do Sul a convite da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços da cidade (CIC), do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico (Simecs) e do MobiCaxias.

Na cidade, os embaixadores conhecem empresas como a Marcopolo e a Randon, e ainda pontos turísticos. A comitiva também irá até Gramado, na região das Hortênsias, onde assistem ao espetáculo “Natal Luz”. A visita da liga africana, como o grupo está sendo chamado pelos empresários caxienses, deve deixar a região no domingo (10).

Para o diretor institucional da CIC e vice-presidente do Simecs, Rubem Bisi, esta é uma oportunidade para que os embaixadores conheçam melhor as empresas caxienses com o intuito de estreitar as relações entre diferentes nações e mostrar o potencial de negócios da região.

— Embaixador não faz negócio, mas aproxima interessados. Então, a vinda da liga africana, como estamos chamando a comitiva, busca estreitar os laços de amizade e mostrar o potencial de negócio da nossa região à nível de importação e exportação. Esses países estão começando a se desenvolver, muitos deles crescendo de 7% a 8 % ao ano. A visita também tem um viés de melhorar o comércio de importação e exportação.

De acordo com Bisi, a ideia tanto da CIC, como do Simecs e do MobiCaxias, é continuar com os convites a embaixadores de outros países também em 2020.

—Estamos programando trazer a liga árabe, que é composta de países de maior poder aquisitivo, mais sofisticados e que tem maior potencial de aquisição. No início do ano estamos vamos montar mais um projeto para trazer a liga africana. E depois, teremos a missão de trazer os asiáticos. O Brasil está se abrindo, o governo está liberando as importações, então, precisamos estar conectados.   

Integram a missão de países africanos que estão visitando Caxias do Sul e a região da Serra, Nigéria, Gana, Guiné Equatorial, Camarões, Senegal, Quênia, Burkina Faso, Etiópia, Tanzânia e Moçambique. 

Ouça a entrevista completa: 

Leia também  
Saiba quais são as vagas de emprego disponíveis em ação do Sine nesta sexta-feira em Caxias
Daer decide detonar pedras na ERS-122, em Farroupilha, e trânsito segue bloqueado

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros