CIC cobra falta de adesão de Caxias à Região Metropolitana da Serra e secretário responde - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Integração04/11/2019 | 19h11Atualizada em 04/11/2019 | 19h11

CIC cobra falta de adesão de Caxias à Região Metropolitana da Serra e secretário responde

Ivanir Gasparin alegou que integração poderia resolver problemas conjuntos da região

CIC cobra falta de adesão de Caxias à Região Metropolitana da Serra e secretário responde Montagem sobre fotos de Julio Soares/Objetiva
Foto: Montagem sobre fotos de Julio Soares / Objetiva

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias, Ivanir Gasparin, cobrou a falta de adesão de Caxias do Sul à Região Metropolitana da Serra Gaúcha em pronunciamento na reunião-almoço desta segunda-feira (4). O modelo permite a elaboração de propostas em nível regional, o que pode facilitar repasse de recursos pelo Governo Federal e soluções conjuntas para problemas dos municípios. Na última semana, o Pioneiro informou que 13 das 14 cidades que integram o conglomerado já encaminharam autorização legislativa pela inclusão na região. 

— Cada cidade busca a sua sobrevivência, porém, até que ponto essa sobrevivência é medida numa escala maior, aquela da sinergia dos esforços, da visão sistêmica, da qual os resultados sirvam para todos? A essa altura, impossível não relembrar que a Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (do Governo do Estado) ainda aguarda posição de Caxias do Sul sobre (a inclusão na) Região Metropolitana da Serra Gaúcha — observou Gasparin.

No pronunciamento que antecedeu à tradicional reunião-almoço da entidade, o presidente da CIC também citou alguns potenciais que a integração institucional entre os municípios poderia resultar:

— Entre as melhorias e atribuições estão a mobilidade, não podemos mais pensar individualmente nos carros; projetos de infraestrutura viária para vazão de tráfego regional; integração de linhas metropolitanas do transporte coletivo; o saneamento; a segurança. Muitas problemas que esse aglomerado de municípios poderia resolver de forma conjunta — defendeu.

A fala foi nomeadamente direcionada ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego, Emílio Andreazza, integrante do Executivo presente no evento. Em pronunciamento, Andreazza respondeu:

— Este assunto nos foi encaminhado e designado a nossa secretaria. Vamos estudá-lo. Mas é certo que a responsabilidade de Caxias é muito diferente da de municípios menores. Nós já assumimos, prefeitura e contribuintes, uma série de incumbências do Estado, seja na saúde, educação, infraestrutura e, recentemente, assumimos papel na desapropriação do Aeroporto da Serra Gaúcha. Por isso, antes precisamos avaliar que recursos podemos dispor para o ingresso na Região Metropolitana — afirmou.

A criação da Região Metropolitana da Serra Gaúcha foi aprovada ainda em 2013 na Assembleia. Recentemente, o titular da Secretaria Estadual de Articulação e Apoio aos Municípios, Agostinho Meirelles, informou que os demais municípios aguardam manifestação oficial de Caxias do Sul até o final do ano.

Leia também
"O consumidor também é responsável pelo canibalismo do mercado" afirma presidente da CIC de Caxias
Microempa comemora 35 anos


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros