Gasolina comum em Caxias chega a R$ 3,99 o litro - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Pesquisa22/10/2019 | 20h05Atualizada em 23/10/2019 | 08h47

Gasolina comum em Caxias chega a R$ 3,99 o litro

De 34 postos verificados pelo Pioneiro, seis deles apresentavam valor abaixo dos R$ 4

Gasolina comum em Caxias chega a R$ 3,99 o litro Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os preços reduzidos da gasolina notados no início deste mês em Caxias do Sul não só se mantiveram como diminuíram no decorrer de outubro. Em 34 postos verificados pelo Pioneiro na tarde de ontem, seis deles apresentavam R$ 3,99 o litro da gasolina comum. Desde fevereiro de 2018, ou seja, há 20 meses, o combustível não era comercializado a menos que R$ 4 na cidade.

A média geral dos estabelecimentos pesquisados pela reportagem também reduziu consideravelmente. Se no início do mês surpreendia alguns postos venderem a gasolina comum a R$ 4,18, atualmente, entre os 34 estabelecimentos consultados, a média praticada é de R$ 4,14, sendo 21 deles apresentando gasolina a menos de R$ 4,15.

O presidente do Sindipetro, entidade que representa o setor, Eduardo Martins, explica que o cenário representa uma situação de concorrência de mercado, embora afirme que os valores praticados acabam prejudicando os menores estabelecimentos;

— É momentâneo. Mas teria de haver apoio das distribuidoras, pois as revendas não se sustentam com isso, estão vendendo a preço de custo. Quem se beneficia é a população, mas para a revenda, para os postos de Caxias é muito prejudicial.

Segundo Martins, especialmente revendedores que não pertencem à redes de postos acabam sendo especialmente prejudicados quando precisam se adequar à concorrência em patamares mais baixos.

— É uma encruzilhada, porque se mantêm preço mais alto não vende e se mantém baixo não tem margem para suportar isso. Para o pequeno revendedor, para quem não tem rede, que é bandeira, isso é totalmente prejudicial, acaba com o negócio — acrescenta.

Para efeito comparativo, em setembro deste ano o valor ultrapassou os R$ 5 em alguns postos, chegando a ser vendido a R$ 5,39 em um dos estabelecimentos verificados pelo Pioneiro na ocasião. Ou seja, R$ 1,39 a menos do valor mais baixo cobrado atualmente.

Possíveis irregularidades

O movimento de redução do preço dos combustíveis é semelhante ao ocorrido no mês de fevereiro de 2018, quando os valores também ficavam ao redor ou abaixo de R$ 4 o litro. Logo após o período de baixa nos preços, o Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito para apurar a possível prática de  ação semelhante a "dumping" - venda de produto abaixo do preço de custo para quebrar a concorrência. 

Atuação semelhante do MPF ocorre atualmente. No dia 11 deste mês, o Pioneiro divulgou que um grupo de donos de postos de combustíveis procurou o órgão para denunciar a possível irregularidade. Na denúncia, os empresários acusaram a distribuidora Ipiranga de vender o produto abaixo por preço muito abaixo de mercado (por R$ 4,18 com frete, sendo que a média cobrada pelo combustível na cidade era de R$ 4,50 na ocasião).

Justamente pela situação, como reação, a estratégia de concorrentes que não têm contrato de exclusividade com a distribuidora (cerca de 85% do setor), ou seja, são bandeira branca, passaram a reduzir os valores como forma de concorrência.

Além dos dois inquéritos civis já instaurados (relativos à denúncia protocolada neste mês e a do ano passado) para apurar possível prática predatória de preços para quebra de concorrência, um terceiro inquérito foi instaurado pelo Ministério Público Federal recentemente, desta vez, voltada à verticalização, ou seja, a postura dos revendedores frente à atuação das distribuidoras que poderiam estar repassando combustível com valor irregular. 

OS PREÇOS

Foto: Arte: Luan Zucchi / Agencia RBS

 A pesquisa não representa a totalidade de postos de combustíveis de Caxias. Os citados no ranking representam apenas os enquadrados nos valores mencionados entre os 34 locais verificados pelo Pioneiro, podendo, portanto, outros postos praticarem preços semelhantes e não constarem na lista abaixo. Ao todo, Caxias conta com cerca de 100 estabelecimentos do setor 

R$ 4,14

Comboio (Pinheiro Machado), Rodoil (Perimetral Norte),  Sim (Perimetral Norte), Ditrendo (Perimetral Norte), Deltha (Perimetral Norte)

R$ 4,09

Central (Os Dezoito do Forte com Marechal Floriano), Gambino (Marechal com Pinheiro), Sim (Rua João Nichelli), Ipiranga (Vinte de Setembro), Capoani (Jacob Luchesi), Sim (Cristóforo Randon) 

R$ 4,03

Carrefour, São Pelegrino (Pinheiro Machado)

R$ 4,04

Pinheiro (De Lazzer)

R$ 3,99

Sim (São Ciro), Capoani (São Ciro), Capoani (Serrano), Capoani (Diamantino), Imigrante (Lourdes), Tirol (Cruzeiro)

Leia também
Palestras em Caxias propõem qualificação de atendimento de lojistas
"A cada ideia, há outras 700 iguaizinhas"
"A reforma é cruel, com prejuízo para todos", critica senador

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros