Diesel atinge o maior preço em um ano em Caxias do Sul - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pesquisa ANP12/10/2019 | 11h02Atualizada em 12/10/2019 | 11h02

Diesel atinge o maior preço em um ano em Caxias do Sul

Alta foi de 4,37% na última semana

Diesel atinge o maior preço em um ano em Caxias do Sul Isadora Neumann/Agencia RBS
Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

O diesel atingiu o maior preço ao consumidor em um ano em Caxias do Sul. Pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgada neste sábado ​(12), aponta uma média de R$ 3,82 por litro, igualando o valor do levantamento divulgado em 13 de outubro de 2018. A verificação mais recente foi realizada entre segunda-feira (7) e quarta-feira (9).

Leia mais
Donos de postos de combustíveis em Caxias procuram o MPF para denunciar distribuidora

Conforme a pesquisa, o preço médio do litro subiu R$ 0,16 nas bombas nesta semana em relação à anterior, uma alta de 4,37%. Já o valor desembolsado pelos postos nas distribuidoras caiu um centavo, custando agora R$ 3,16. No acumulado das últimas quatro semanas, o diesel registra uma alta de 6,7% tanto para o consumidor, quanto para as revendas.

A gasolina também pesou mais no bolso do consumidor na última semana. Com preço médio de R$ 4,60, o combustível subiu R$ 0,03 em relação à pesquisa anterior. O valor é o maior em um mês. A pesquisa identificou ​ainda o litro mais barato ao custo de R$ 4,30, enquanto o mais caro sai por R$ 4,99. Ao longo da semana, porém, proprietários de postos denunciaram a distribuidora Ipiranga por suposta prática de dumping, que é a venda abaixo do preço de mercado para prejudicar a concorrência. Alguns postos da rede chegaram a vender o litro da gasolina a R$ 4,19. A distribuidora nega a prática.

Ainda com relação à gasolina, o custo dos postos caiu R$ 0,02, com o litro agora a R$ 4,01, em média. No acumulado das últimas quatro semanas, porém, houve alta de 1,99% ao consumidor e 2,82% para as revendas.

Já o etanol registrou queda nas bombas na última semana. A média do litro passou de R$ 4,07 para R$ 4,01. Para os postos, a queda foi de R$ 0,13, de R$ 3,56 para R$ 3,43.

O preço da gasolina e do diesel são impactados, principalmente, pelo valor do dólar e o preço internacional do barril de petróleo, que são levados em conta pela Petrobras para calcular o preço nas refinarias. Ao longo da cadeia de distribuição, ​ainda são acrescidos impostos e margens de lucro que impactam no preço final.

Leia também
Nova farmácia em ponto emblemático de Caxias
Dia das Crianças movimenta comércio caxiense 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros