Caxias do Sul conhece resultados de pesquisa de comportamento do Grupo RBS - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Tendências14/10/2019 | 18h51Atualizada em 14/10/2019 | 18h51

Caxias do Sul conhece resultados de pesquisa de comportamento do Grupo RBS

Estudo Cápsula foi apresentado durante reunião-almoço da CIC

Caxias do Sul conhece resultados de pesquisa de comportamento do Grupo RBS Julio Soares/Divulgação
Marcelo Leite apresentou os resultados do estudo na CIC Foto: Julio Soares / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Os resultados do estudo Cápsula, pesquisa do Grupo RBS que mapeou o comportamento dos gaúchos, foi apresentada à comunidade caxiense nesta segunda-feira (14) pelo diretor-executivo de Marketing da empresa, Marcelo Leite, durante a reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul. 

Leia mais
Grupo RBS lança projeto Cápsula, estudo para entender o "espírito do nosso tempo"

Segundo o estudo, as principais tendências que irão influenciar o consumo foram reunidas nos tópicos consumo consciente, diversidade, longevidade, bem-estar e novo urbano. A pesquisa identificou, por exemplo, que 66% dos entrevistados da Região Nordeste adotaram hábitos de consumo consciente.

— Isso não é nicho. Em alguns casos, é a maioria ou uma parcela significativa — enfatizou Leite.  

O levantamento mostra ainda que, na percepção de 84% dos entrevistados, as marcas não estão engajadas como deveriam no tema da diversidade. E 36% passariam a consumir marcas que se destacam positivamente nas discussões dos temas em que é engajado. Sobre consumo consciente, 65% prometem adotar, ainda neste ano, novas práticas ou alterar o comportamento de consumo. 

— As pessoas acham que as marcas têm voz e estão usando pouco essa voz — destacou Leite, acrescentando que as empresas não podem desconsiderar o percentual de quase 40% que dizem boicotar marcas que se posicionam contra o que eles defendem.

Desenvolvido pela área de RBS Intelligence, o estudo é utilizado como insumo para ajudar os clientes a identificar riscos e oportunidades para suas marcas e criar melhores estratégias de negócio. O levantamento foi elaborado a partir de 2,3 mil entrevistas com pessoas de diferentes regiões do Estado, realizadas em janeiro e fevereiro deste ano, além de 31 entrevistas em profundidade feitas com o público de Porto Alegre e do interior do Rio Grande do Sul, cinco entrevistas com especialistas do mercado e outras cinco com formadores de opinião do Grupo RBS. 

TENDÊNCIAS DE MERCADO: QUAIS SÃO E O QUE SÃO, SEGUNDO O ESTUDO CÁPSULA

> Consumo consciente: A preocupação do gaúcho em relação ao meio ambiente.
> Diversidade: A queda dos padrões demográficos e o efeito no consumo.
> Longevidade: A nova terceira idade e o que muda no comportamento dessa geração.
> Bem-estar: Motivações e consequências da preocupação em ser saudável.
> Novo urbano: Espaços que estão ganhando novas definições e o reflexo disso para o mercado.

DADOS DA REGIÃO NORDESTE DO RS

DIVERSIDADE

> 62% das pessoas possui alto interesse no tema.
> 37% se interessam pelo tema por se sentirem afetados diretamente pelos problemas causados pela falta de discussão ou porque eles afetam pessoas próximas.
> 41% se interessam pelo tema porque o assunto está amplificado e mais discutido.
> Na percepção de 84%, as marcas não estão engajadas como deveriam.
> 36% passariam a consumir marcas que se destacam positivamente nas discussões dos temas que é engajado.
> Para 53%, o consumo dependeria de outros fatores.
> 12% não consumiriam. 

CONSUMO CONSCIENTE

> 79% das pessoas têm alto grau de interesse no tema.
> 65% vão adotar novas práticas de consumo consciente ou alterar o comportamento de consumo em 2019.
> 26% vão adotar várias práticas de consumo consciente e alterar significativamente o comportamento de compra em 2019.

*Estimativa de que R$ 260 milhões/mês sejam acrescidos na economia ou realocados para as despesas domésticas devido ao aumento de gastos por conta das práticas sustentáveis. 

LONGEVIDADE

> 59% adotam práticas que favoreçam a longevidade.
> Para 43%, a aposentadoria está da forma como planejou.
> Para 57%, a aposentadoria está pior do que imaginava.
> Não foram obtidas menções para a alternativa "melhor do que imaginava". 

BEM-ESTAR

> 85% dos gaúchos da Região Nordeste possuem alto interesse pelo tema. 

NOVO URBANO

> 29% das pessoas passaram a incorporar novas formas de se deslocar e ocupar a cidade nas suas vidas e nos seus hábitos de consumo.
> 56% usam carro ou moto particular.
> 36% usam carro de aplicativo como Uber, Garupa e outros.

Fonte: estudo Cápsula, pesquisa do Grupo RBS

Leia também
Dia do Pão é comemorado na próxima quarta-feira
Confeitaria é o forte da padaria Santa Catarina, em Caxias do Sul
Com fabricação de 100 mil pães congelados por dia, padaria de Caxias quer dobrar produção até metade de 2020

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros