Metalúrgicos de Caxias do Sul aprovam reajuste de 5,28% nos salários - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Acordo coletivo03/08/2019 | 12h30Atualizada em 03/08/2019 | 12h37

Metalúrgicos de Caxias do Sul aprovam reajuste de 5,28% nos salários

Percentual é retroativo a julho de 2019

Metalúrgicos de Caxias do Sul aprovam reajuste de 5,28% nos salários Roni Rigon/Agencia RBS
São 3.053 empresas e 48.145 trabalhadores representados Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Em assembleia na manhã deste sábado (3), metalúrgicos de Caxias do Sul aprovaram o reajuste de 5,28% nos salários dentro do acordo coletivo de 2019. Embora a data-base da categoria seja 1º de junho, o aumento é retroativo a julho, conforme ficou acordado com os empresários. 

A proposta já havia sido negociada com a entidade patronal, o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs). A previsão é que o reajuste seja pago na folha de setembro. 

Para o presidente do Sindicato dos Metalúgicos, Assis Mello, o acordo é razoável e dentro do que foi possível negociar. Segundo ele, a prioridade era garantir um aumento real aos trabalhadores. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ficou em 4,78% no acumulado de 12 meses até maio. 

— É uma condição do que foi possível diante da situação econômica e política — comenta. 

Leia mais
Negociação salarial na mesa dos metalúrgicos de Caxias do Sul
Em assembleia, metalúrgicos de Caxias do Sul rejeitam proposta de reajuste salarial do Simecs

Ao longo das negociações, a entidade patronal apontou que o momento do setor ainda é delicado diante do processo de recuperação econômica, do desemprego e das perdas sofridas pela indústria de Caxias nos últimos anos. O coordenador da Comissão de Relações Trabalhistas do Simecs, Gustavo Souto Polese, comenta que o reajuste é resultado de uma construção junto ao sindicato que representa os funcionários considerando o atual cenário econômico. 

— Esse percentual, em função de ser aplicado a partir de julho, se situa dentro do reajuste da inflação, mas significa um aumento real — salienta. 

As negociações entre os sindicatos começaram em junho.  São 3.053 empresas e 48.145 trabalhadores representados. Além de Caxias do Sul, o acordo abrange Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Nova Pádua, Nova Roma do Sul e São Marcos. 

Leia também
Prejuízo com contêineres que sofreram vandalismo ultrapassa R$ 60 mil em Caxias
Motociclista morre após colidir contra um micro-ônibus em Caxias do Sul
Rede hoteleira da Serra destaca aumento da ocupação com frio deste fim de semana

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros