Após falência do Grupo Voges, antiga UPI Motores continua operando - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Caso Voges15/08/2019 | 20h44Atualizada em 15/08/2019 | 20h44

Após falência do Grupo Voges, antiga UPI Motores continua operando

Apesar de estar inclusa no decreto de falência, unidade atualmente pertence a outra empresa, que aguarda resolução de impasse

Após falência do Grupo Voges, antiga UPI Motores continua operando Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Desde o decreto de falência do Grupo Voges, em Caxias do Sul, as atenções se voltaram à Metalcorte Fundição, em razão do iminente processo de desocupação do prédio da antiga Metalúrgica Abramo Eberle (Maesa), onde cerca de 100 pessoas ainda trabalhavam. Paralelamente, no entanto, a outra unidade inclusa no processo de quebra, a antiga UPI Motores, localizada no São Ciro, continuou operando. 

Por trás do discreto funcionamento, agora sob o novo CNPJ Mercosul Motores, paira uma série de impasses e incertezas. Com o decreto de falência, a situação tornou-se ainda mais nebulosa, tanto para os cerca de 150 funcionários da empresa, quanto para o próprio processo de leilão patrimonial pelo qual todos os bens do Grupo Voges devem passar e que inclui o maquinário utilizado pela empresa. A direção da Mercosul Motores informa que prefere não se manifestar sobre o assunto, mas garante que os  colaboradores estão com os salários em dia.

Conforme a sentença que decretou a falência do Grupo Voges, assinada pelo juiz titular da 3ª Vara Cível de Caxias, Clóvis Moacyr Matança Ramos, a sugestão quanto às providências a serem tomadas são de responsabilidade do administrador judicial nomeado para o caso, o advogado Nelson Sperotto.

À reportagem, Sperotto confirmou que estuda um encaminhamento, que deve ser oficializado nos próximos dias. Reitera, porém, que haveria, de fato, respaldo judicial temporário para a continuidade das operações da Mercosul no local.

– Estamos estudando um arrendamento até que seja possível um leilão. Mas isso tudo vai ter de passar pela aprovação do juiz e do Ministério Público – ressalta Sperotto.

Uma fonte ligada à administração da Mercosul informou que desde o final de 2018 há autorização judicial temporária para o uso do maquinário da unidade. A decisão teria sido tomada em razão dos impasses envolvendo a recuperação judicial do Grupo Voges. 

– O prédio (onde fica a unidade) está sob contrato de aluguel até 2023, junto à Mundial, que é proprietária do imóvel – ressalta a fonte, que assegura que que a empresa não tem nenhum vínculo com o Grupo Voges. 

A administração da Mercosul estaria interessada em arrendar a utilização do maquinário e, posteriormente, adquirir os equipamentos para a continuidade das operações em Caxias. 

Na última quarta-feira, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Assis Melo, afirmou que a situação da unidade tornou-se uma incógnita para a própria entidade.

– A gente não sabe em que pé anda a situação da UPI Motores. Tudo está nebuloso até para nós, por isso aguardamos um posicionamento judicial para esclarecer a situação – comentou.

MERCOSUL MOTORES

Em setembro de 2018, a empresa Bihel Metalúrgica, de São Leopoldo, anunciou a compra da antiga UPI Motores, que passou a ser denominada Eberle Indústria de Motores Elétricos Ltda – conforme parecer do MP de alteração contratual de Suzin Comércio de Instalações Elétricas Ltda. A compra, entretanto, não se concretizou, em razão da falta de pagamento das parcelas previstas. Em outubro de 2018, a empresa alterou seu CNPJ para Mercosul Motores.

Caso a estrutura seja colocada à venda novamente, o decreto de falência do Grupo facilitaria as negociações, considerando que a compradora não ficaria responsável dos encargos trabalhistas possivelmente transferíveis num processo de venda na modalidade de recuperação judicial.

Leia também  
Sindicato dos Metalúrgicos e funcionários acampam em frente à Metalcorte para fiscalizar movimentação
Empresa caxiense investe em sede maior e gera novas vagas
Samuara Hotel, de Caxias, fecha parceria para terceirizar gestão 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros