"Eu não baixei a guarda", diz artilheiro do Caxias sobre a má fase que passou na Série D - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Show dos Esportes Serra16/07/2019 | 22h29Atualizada em 16/07/2019 | 22h29

"Eu não baixei a guarda", diz artilheiro do Caxias sobre a má fase que passou na Série D

Centroavante Michel foi o convidado nesta terça (16) no programa da Gaúcha Serra FM

"Eu não baixei a guarda", diz artilheiro do Caxias sobre a má fase que passou na Série D Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O Show dos Esportes Serra desta terça-feira (16) recebeu o centroavante Michel, do Caxias. O artilheiro da equipe grená comentou sobre o embate com o Manaus, que decide o acesso à Série C 2020, e o gol marcado no primeiro duelo. Também projetou o confronto do próximo sábado (20), na Arena da Amazônia.

— Acredito que eles mudarão a postura (que foi defensivo na primeira partida). Hoje o Caxias está na vantagem, mas vamos preparados para a pressão deles e no contra-ataque fazer o gol, o que deixará mais difícil para o Manaus — opinou Michel.

Leia mais
Equipe da RBS na Serra vai acompanhar a decisão do acesso do Caxias em Manaus
Caxias tem dúvida no meio-campo para duelo decisivo contra o Manaus

O camisa 9 do Caxias passou três jogos sem marcar durante a Série D e até perdeu algumas oportunidades claras. Por isso, ele foi duramente criticado pelo torcedor, mas recuperou seu crédito com as arquibancadas nos dois últimos jogos. Michel fez o gol da vitória sobre o Cianorte e também o gol que deu vantagem aos grenás neste primeiro jogo do duelo com os manauaras. O período de críticas também foi importante, como ressaltou o centroavante: 

— O torcedor está no direito de criticar e cobrar. Isso serviu para eu treinar e me cobrar mais. Quando a crítica é construtiva vem bem, porque nos prepara até psicologicamente. Eu não baixei a guarda, segui trabalhando muito para desfrutar desse momento. Não estou confortável, porque a nossa missão é o acesso. Depois sim, poderemos comemorar.

Um desses gols perdidos foi emblemático, contra o Avenida, no primeiro mata-mata do torneio. Um lance claro, onde a bola quicou antes da conclusão e Michel acabou isolando.

— Naquela semana fiquei dois dias sem dormir, teve a auto-crítica e a cobrança pessoal — lembrou o camisa 9.

Assista na íntegra

O programa ainda entrevistou o técnico Eduardo Costa, que comandará o Lajeadense na parceria com Juventude, na Copa Seu Verardi. O quadro Três Perguntas foi com o zagueiro Ptrick Borges, do Manaus.

O programa Show dos Esportes Serra volta à grade de programação na sexta-feira, com a cobertura do jogo entre Caxias e Manaus, direto do Estado do Amazonas. Acompanhe!

Leia também
Arquivamento do caso do "corretivo" depende do plenário da Câmara de Caxias
Clima ajudou e moradores da Serra também conseguiram ver o eclipse

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros