Contribuintes em dívida com a prefeitura de Caxias têm até segunda para pagar boleto - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Inadimplência15/05/2019 | 18h10Atualizada em 15/05/2019 | 18h10

Contribuintes em dívida com a prefeitura de Caxias têm até segunda para pagar boleto

Medida abrange quem possui dívidas entre R$ 1 mil e R$ 5 mil decorrentes do não pagamento de multas, taxas ou impostos ao município

Contribuintes em dívida com a prefeitura de Caxias têm até segunda para pagar boleto Lucas Amorelli/Agencia RBS
Boletos devem ser pagos até segunda-feira Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os contribuintes que estão em dívida ativa entre R$ 1 mil e R$ 5 mil com a prefeitura de Caxias do Sul têm até a próxima segunda-feira (20) para fazer o pagamento das guias enviadas pelo governo municipal. A ação faz parte da campanha da Secretaria da Fazenda que busca retomar parte dos R$ 49,1 milhões não pagos por pessoas físicas e jurídicas. 

Leia mais:
Prefeitura de Caxias cobra mais de 32 mil contribuintes em dívida ativa

Em abril, foram enviados 32.335 boletos para os devedores, com vencimento em 20 de maio, data limite também para combinar o parcelamento presencialmente na prefeitura sem que sejam adotadas novas medidas para a cobrança. Até o momento, mais de R$ 800 mil já foram regularizados, entre pagamentos à vista e parcelamentos que serão quitados no período combinado.

A dívida ativa se refere ao não pagamento de multas, taxas ou de impostos como IPTU e ISSQN de anos anteriores, por exemplo. Além de pagar o boleto à vista, também é possível parcelar esses débitos seguindo a legislação vigente: parcela mínima de R$ 40, para dívidas não ajuizadas, com parcelamento máximo de até 60 meses.Para parcelar a dívida, no entanto, é preciso estar em dia com o exercício 2019, tendo pago à vista os valores do ano corrente ou estando sem atrasos nas parcelas.

A prefeitura realizará a campanha de dívida ativa por fases, abrangendo os que devem entre R$ 1 mil e R$ 5 mil; entre R$ 500 e R$ 1 mil; até R$ 500 e acima de R$ 5 mil, ao longo do ano.

- Essa é uma forma importante de recuperar débitos, que tem trazido resultado. Sabemos que o contribuinte quer estar em dia com a prefeitura, por isso estamos viabilizando o pagamento integral ou também o parcelamento, de acordo com a lei e dentro das possibilidades de cada um. O importante é comparecer na prefeitura, caso não possa pagar a guia integralmente, e combinar como esse acerto pode ser feito, para que todos saiam ganhando - explica Magda Wormann, secretária da Fazenda.

Após o dia 20 de maio, a cobrança poderá ser enviada para protesto em cartório. A partir da notificação, o devedor terá o prazo de até três dias para quitar o débito. Passado o período, será protestado, devendo comparecer à prefeitura para fazer o pagamento ou efetuar o parcelamento, conforme previsto em lei, para que seu nome seja retirado do protesto. O envio para execução judicial ou protesto extrajudicial tem acréscimos de custas judiciais, além de bloqueio de certidões e da participação em licitações.

Leia também:
Últimos dias para se inscrever em processo seletivo do Sebrae
Confira as vagas de emprego do Sine de Veranópolis
Secretaria da Agricultura de Caxias publica novas regras para agroindústrias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros