Museu do Comércio receberá visitantes durante a Festa da Uva - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Atração07/02/2019 | 19h58Atualizada em 07/02/2019 | 19h58

Museu do Comércio receberá visitantes durante a Festa da Uva

Durante o evento, local vai atender no mesmo horário de funcionamento do Parque de Exposições da Festa da Uva

Museu do Comércio receberá visitantes durante a Festa da Uva Alencar Turella/Divulgação
Museu reproduz ambiente de um armazém de secos e molhados do final do século 19 Foto: Alencar Turella / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A trajetória histórica do comércio de Caxias do Sul poderá ser visitada na casa 9 da Réplica de Caxias do Sul de 1885, no Parque de Exposições Mário Bernardino Ramos. Atualmente fechado, o Museu do Comércio, uma reprodução de um armazém de secos e molhados de Caxias do Sul no final do Século 19, vai receber visitantes durante a Festa da Uva 2019, que ocorre de 22 de fevereiro a 10 de março.

Inaugurado em 2000, o museu possui objetos, móveis, ferraria, chapéus e alimentos, que reproduzem fielmente um estabelecimento comercial da época em que os imigrantes chegaram. 

- O Museu do Comércio remete a lembranças de visitantes, descendentes dos italianos que viveram na região, e traz uma história que precisa ser contada como patrimônio cultural do desenvolvimento do comércio - lembra a presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini.

O atendimento será feito no mesmo horário de funcionamento do Parque de Exposições da Festa da Uva, ou seja, de segunda a sexta-feira, sábados e domingos, das 11h às 22h.

Histórico do comércio em Caxias do Sul

Com a chegada dos imigrantes italiano à Serra Gaúcha, a partir de 1875, a economia local começou a se estruturar, com a agricultura e o comércio. Os colonos produziam tudo o que fosse possível em casa, para a própria subsistência. 

Para adquirir outros alimentos e produtos de necessidade da família, utilizavam o sistema de troca, que deu início ao comércio local. Três anos depois, logo no início da organização e povoamento da Colônia Caxias, havia 10 armazéns de secos e molhados na sede, além de outras 85 casas comerciais espalhadas pelos travessões e léguas para uma população de 3.849 habitantes.

Leia também:
Marcopolo investe R$ 70 milhões em novo Centro de Fabricação
Empresa caxiense quer ampliar em 80% a venda de churrasqueiras para o Japão
Usuários do IPE de Caxias estão desassistidos

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros