Caxias do Sul é a terceira cidade com mais cervejarias no país - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Consumo04/02/2019 | 18h34Atualizada em 04/02/2019 | 19h01

Caxias do Sul é a terceira cidade com mais cervejarias no país

Município possui 16 fábricas de cerveja em atividade, de acordo com o Ministério da Agricultura

Caxias do Sul é a terceira cidade com mais cervejarias no país Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Em 2018, foram registrados 193 novos rótulos de cerveja em Caxias Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Região tradicionalmente conhecida pela produção de vinhos, a Serra agora começa a se consolidar também como um dos principais polos cervejeiros do Brasil. E Caxias do Sul aparece como uma das protagonistas neste segmento. O município encerrou 2018 com 16 cervejarias, segundo levantamento realizado pelo Ministério da Agricultura. É a terceira cidade com mais fábricas de cerveja do país, ficando atrás apenas de Porto Alegre e da mineira Nova Lima. 

Os negócios caxienses no setor possuem um perfil parecido. As fabricantes são de pequeno porte, com produção média de 8 mil a 10 mil litros mensais de cervejas especiais, popularmente conhecidas como artesanais. A maioria surgiu depois de 2010, junto ao movimento de expansão acelerada do mercado cervejeiro em todo o país. Somente no ano passado foram abertas 210 novas fábricas no Brasil, chegando ao total de 889 empresas. Entre os Estados, o líder é o Rio Grande do Sul, com 186 companhias.

A consolidação de Caxias como um polo do setor, porém, ocorreu de maneira natural, já que não houve nenhuma ação orquestrada entre empreendedores da cidade. No entanto, o sócio da cervejaria La Birra Guilherme Alberton vê alguns aspectos que ajudam a compreender por que a cidade tem posição de destaque na produção da bebida. 

- A cidade sempre teve uma pegada empreendedora, de criar coisas. E o poder de consumo do caxiense é mais elevado, o que o levou a ter uma cultura de consumir produtos mais artesanais - destaca Alberton.  

Há três anos no mercado, o La Birra é hoje um dos maiores fabricantes de cerveja na cidade. A cervejaria faz 20 mil litros da bebida por mês, sendo que metade desse volume é absorvido pelos dois bares próprios da marca, localizados em Caxias do Sul e Gramado. A meta da empresa, diz Alberton, é dobrar a produção até o final de 2019. 

Ao todo, Caxias fabrica entre 160 mil e 200 mil litros de cervejas especiais por mês, de acordo com estimativa da Associação dos Produtores de Cerveja da Serra Gaúcha (Aprocerva). Pelas contas da entidade, o número de negócios registrados na cidade até supera o do Ministério da Agricultura. Seriam 24 empresas ativas no momento. No entanto, o presidente da Aprocerva, Maurício Ferreira, observa que o mercado oscila constantemente. 

- Tem bastante gente começando a fazer cerveja e bastante gente quebrando. Dependendo do volume de produção, o negócio não se sustenta. Sei de duas cervejarias em Caxias que hoje estão à venda - explica Ferreira.  

Fundada no ano passado, a associação pretende trabalhar ações conjuntas entre as empresas da região. Entre as metas está a criação de um selo que identifique as marcas serranas e a consolidação de uma rota turística incluindo as fábricas. Nos 22 municípios da área de abrangência da Aprocerva, Ferreira calcula que existem mais de 50 cervejarias ativas. 

- Ainda tem muita gente que não conhece a cerveja especial. Há muito a ser apresentado para o público - destaca Rodrigo Parolin, sócio da cervejaria Landsberg.  

Neste sentido, os empresários do ramo lembram que somente 1% da cerveja consumida no Brasil é especial e, por isso, há espaço para crescimento. Em alguns países europeus e nos Estados Unidos, esse nicho já representa de 12% a 15% do mercado. 

Cervejarias por cidade 

Porto Alegre (RS) - 35
Nova Lima (MG) - 19
Caxias do Sul (RS) – 16
Curitiba (PR) - 14
Nova Friburgo (RJ) - 10
Sorocaba (SP) - 10
Juiz de Fora (MG) - 9
Petrópolis (RJ) - 9
São Paulo (SP) - 9
Belo Horizonte (MG) - 8 

Fonte: Ministério da Agricultura

Uma cervejaria para cada 27 mil habitantes 

Levando em consideração os dados do último Censo realizado pelo IBGE, em 2010, Caxias do Sul possui uma cervejaria para cada 27 mil habitantes. E a variedade de cervejas feitas na cidade é cada vez mais ampla. Somente no ano passado, Caxias foi a quarta cidade do país que mais registrou produtos no país, conforme o Ministério da Agricultura. Ao todo, foram 193 rótulos no período. 

Em meio à crescente oferta, o sócio da cervejaria Ordeo Roberto Bof salienta a importância de as empresas caxienses buscarem mercado fora do Estado para se manterem viáveis. A diversificação ajudaria também a driblar os momentos de queda no consumo na cidade, como no inverno. Com as baixas temperaturas, o caxiense costuma migrar para o vinho, lembra Bof. 

- Caxias tem que invadir todo o Brasil, em especial o Norte, Nordeste e o Centro-Oeste. Rio de Janeiro e São Paulo são mercados mais difíceis, mas com qualidade se vende para qualquer lugar - afirma.  

No momento, a Ordeo produz entre 15 mil e 18 mil litros mensais de cerveja. Em torno de 35% das vendas são realizadas para fora do Rio Grande do Sul, principalmente para São Paulo e Estados do Nordeste.  

Outra estratégia adotada por algumas cervejarias é a criação de novos canais de venda. A Imaculada decidiu abrir, há seis meses, um bar próprio para escoar parte da produção. Hoje, cerca de 30% dos 10 mil litros fabricados por mês são vendidos no pub da cervejaria.  

- Foram criadas muitas cervejarias não só em Caxias, mas em toda a região. Então, com o bar, conseguimos encaixar boa parte da nossa produção - relata Marcus Gazzola, sócio da Imaculada.  

Segundo Gazzola, a tendência é de que cada vez mais a produção da Imaculada seja vendida nos próprios bares. A ideia é abrir, ao menos, duas novas unidades em 2019. A instalação de mais um ponto em Caxias e a estreia em outro município da Serra ainda estão sendo estudadas pela empresa.

Leia também:
Loja de Caxias faz liquidação antecipada. Mas não é só isso
Apesar de saldo positivo em 2018, Caxias tem déficit de 20 mil vagas
Setor de serviços gera chance de recomeço para ex-funcionários da indústria em Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros