San Remo: de locadora a loja de produtos de limpeza  - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Caixa-Forte28/01/2019 | 20h08Atualizada em 28/01/2019 | 20h29

San Remo: de locadora a loja de produtos de limpeza 

O acervo de 10 mil filmes, entre DVDs e blu-ray, continua ali à disposição dos minguados clientes que ainda buscam a loja para locar especialmente os clássico

San Remo: de locadora a loja de produtos de limpeza  Porthus Junior/Agencia RBS
Com as novas tecnologias e a mudança de comportamento do público, a San Remo precisou se adaptar para garantir a sobrevivência no mercado Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Ela nasceu em 1978 como revistaria. Em 1993, transformou-se em locadora,  ostentando um dos maiores acervos de lançamentos e filmes clássicos.  Com as novas tecnologias e a mudança de comportamento do público, a San Remo precisou se adaptar para garantir a sobrevivência no mercado.

Em 2010, migrou para a Rua Garibaldi, 937, agregando um espaço de calçados e acessórios. Há três anos, para enxugar custos, o proprietário Nery Rodrigues de Atayde fez nova alteração de rota, estabelecendo-se no atual endereço, na Rua Visconde de Pelotas, 2.001.

Agora, começa 2019 com mais uma mudança de rumo comercial. A San Remo ganha outra extensão no nome: produtos de limpeza. Saem de cena os acessórios, entram os produtos de limpeza, de marcas mais especializadas, focados no consumidor final.

san remo
Saem de cena os acessórios, entram os produtos de limpeza, de marcas mais especializadas, focadas no consumidor finalFoto: Nery Rodrigues de Atayde / Divulgação

O acervo de 10 mil filmes, entre DVDs e blu-ray, continua ali à disposição dos minguados clientes que ainda buscam a loja para locar especialmente os clássicos.

– É um público reduzido – admite à coluna Atayde, que precisou enxugar a estrutura e a equipe para garantir a sustentabilidade da San Remo.

Mesmo assim, ainda necessita dividir a atuação de comerciante com a de motorista de aplicativos.

– Já fiz 13 mil corridas. Precisamos buscar alternativas porque as contas não tiram férias – afirma o veterano empresário.

Leia mais:

 2018 marcou a volta do crescimento na indústria de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros