"É uma classe esquecida" diz aposentado de Caxias  - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Benefícios INSS26/01/2019 | 09h25

"É uma classe esquecida" diz aposentado de Caxias 

Caxias do Sul conta com 81 mil aposentados, que somam o valor de R$ 146 milhões mensais. Busca pelo benefício cresceu 44% em dois anos

"É uma classe esquecida" diz aposentado de Caxias  Lucas Amorelli / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agência RBS / Agência RBS

Embora os números sejam altos, a realidade da classe aposentada é desanimadora. O vice-presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Caxias (Aapopecs), Abrelino Dal Bosco, informa que pelo menos 50% dos aposentados do município recebem o valor de um salário mínimo (R$ 998).  E cerca de 70%, garante, não passa de dois salários mínimos.

Leia mais:
Caxienses correm em busca da aposentadoria

— Cada dia que passa o poder aquisitivo do aposentado cai. É uma calamidade — reclama Dal Bosco.

A defasagem nos últimos 10 anos, segundo ele, passa de 90%: 

— Os benefícios estão corroídos.

O presidente da entidade, Juarez Gilberto dos Santos, é ainda mais pessimista em relação à classe:

— Ninguém tem interesse em melhorar a qualidade de vida do aposentado. Estamos esquecidos. Somos um estorvo para o governo — denuncia.

Santos, que diariamente convive com centenas de idosos que passam pela associação, diz o cenário é de lamentação. 

— Todos que passam por aqui reclamam que o dinheiro não dá para nada, nem dá mais para pagar os remédios. 

E observa:

— Estamos sendo saqueados a cada reajuste. 

E não há boas expectativas pela frente, segundo ele. 

— Estamos descrentes. Não se vê luz no fim do túnel. E vai ficar cada vez mais difícil — prevê o vice-presidente da Associação,  Dal Bosco

 Leia também:  
Veja o que a Câmara de Caxias já votou no recesso parlamentar 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros