"Como vamos saber se estamos voando num avião com motor impresso em 3D?" - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte05/11/2018 | 18h56Atualizada em 05/11/2018 | 19h18

"Como vamos saber se estamos voando num avião com motor impresso em 3D?"

Empresários de tecnologia palestraram em reunião-almoço da CIC, que abriu a Semana Municipal do Empreendedorismo

"Como vamos saber se estamos voando num avião com motor impresso em 3D?" Antonio Valiente/divulgação
No final das palestras, Frederico Renner Mentz e Igor Drews responderam perguntas com mediação do presidente da CIC, Ivanir Gasparin Foto: Antonio Valiente / divulgação

O mundo está em revolução. A tecnologia transformou o impossível em possível. Para jogar luz sobre um tema atual a todos os setores, dois empresários de inovação ocuparam o palco da reunião-almoço da CIC de Caxias, nesta segunda-feira. Provocaram reflexão e sacudiram conceitos enraizados:

Primeiro a falar, Igor Drews, Head de Parceiros da StartSe, exemplificou como “a tecnologia está mudando de forma exponencial, mas os consumidores pensam de forma linear”. Ele citou possibilidades já em andamento, como o editor genético de DNA e a produção de motores de avião por meio de impressora 3D. 

Drews salientou que no mundo atual não há mais espaço para burocracia, e nem ambiente para que startups paguem os mesmos tributos de empresas.

– Não se pode mais jogar Gre-Nal. Estamos todos no mesmo barco – declarou, sobre necessidade da união.

 Já Frederico Renner Mentz relatou que, após conhecer o Vale do Silício, eixo de inovação norte-americano, voltou ao Rio Grande do Sul com a mente fervilhando e inspirado em transformar o assunto inovação em expediente de trabalho:

– Costumo dizer que voltei catequizado, mas sem uma igreja para rezar.

Foi, então, que, mesmo sabendo das limitações e dificuldades brasileiras, se juntou a outros empreendedores com visão semelhante para criar em Porto Alegre a An Lab, laboratório de coworking, educação, networking e investimentos. Mentz ressalvou que não adianta ter ideias criativas, sem base e conhecimento para desenvolvê-las. Nesse contexto que entram em cena as universidades. 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros