Caxias lidera retomada fabril - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte09/11/2018 | 06h30Atualizada em 09/11/2018 | 06h30

Caxias lidera retomada fabril

Segmento de veículos automotores, com alta de 16,5% no ano, puxa osnúmeros no RS

O cenário de agosto para setembro ficou estável (ou estagnado?) para a indústria gaúcha. De um mês para o outro, a queda do Índice de Desempenho Industrial (IDI-RS) foi mínima, de 0,1%, aponta o estudo da Fiergs. Em três itens, houve números no vermelho: compras industriais (-4,2%), faturamento real (-2,9%) e emprego (-0,3%). Já as horas trabalhadas na produção (1,8%) e a massa salarial (0,3%) cresceram, enquanto a utilização da capacidade instalada ficou estável, com grau médio de 81,1%. 

– Os resultados de setembro não alteram o cenário que vem sendo observado no setor industrial gaúcho. A indústria gaúcha evolui dentro do previsto para 2018, devendo encerrar o ano com crescimento, mas distante de recompor as perdas de mais de 20% do período de 2014 a 2016 – avaliou o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry.

No entanto, quando o estudo abre a perspectiva para o período de janeiro a setembro, percebem-se avanços em compras industriais (10%), faturamento real (3,6%), utilização da capacidade instalada (1,5 ponto percentual) e emprego (0,9%). Apenas dois itens caíram nesse comparativo: horas trabalhadas na produção (-0,5%) e massa salarial real (-2,8%). 

Um dado confirma a posição de retomada fabril do polo metalmecânico de Caxias do Sul e da Serra: o segmento de veículos automotores, com alta de 16,5% no acumulado do ano, segue sendo a principal alavanca dos negócios. A região inverteu o papel e, agora, lidera a retomada. 


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros