Na Escola Família Agrícola da Serra, cooperativismo virou disciplina da grade curricular - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Lições de cooperação22/10/2018 | 11h11Atualizada em 22/10/2018 | 11h14

Na Escola Família Agrícola da Serra, cooperativismo virou disciplina da grade curricular

Alunos aprendem a teoria e colocam na prática aspectos relacionados ao universo das cooperativas 

Na Escola Família Agrícola da Serra, cooperativismo virou disciplina da grade curricular Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Cooperativismo é prática comum entre os alunos da Escola Família Agrícola, na Terceira Légua Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A professora Ivone Manica entra na sala de aula e, em seguida, começa a repassar com os estudantes os conteúdos vistos na semana anterior. Caminhando pelo recinto, ela faz perguntas aos alunos da turma do primeiro ano do ensino médio.

– Quantas pessoas são necessárias para abrir uma cooperativa?

Após um breve silêncio, um estudante responde.

– Pelo menos 20.

Essa é a rotina verificada às terças-feiras na Escola Família Agrícola da Serra Gaúcha (Efaserra), sediada na Terceira Légua, em Caxias do Sul. A instituição de ensino tem na sua grade curricular uma disciplina chamada cooperativismo e empreendedorismo, que divide espaço com as matérias tradicionais, como matemática, português e história.

Leia mais sobre o registro do vinho colonial na reportagem do +Serra: 

Leia também:
Legislativo terá 4 vereadoras mulheres no ano que vem
"Vou ouvir as pessoas", afirma Tatiane Frizzo, que assumirá vaga de vereador em Caxias
RBS premia destaques na Serra

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros