Multinacional holandesa adquire 50% do capital da caxiense Rodoil - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte01/10/2018 | 17h19Atualizada em 01/10/2018 | 17h21

Multinacional holandesa adquire 50% do capital da caxiense Rodoil

Com o impulso e o aporte financeiro, a marca serrana coloca gás no seu plano de expansão, estendendo suas ramificações para o Centro-Oeste e o Sudeste do país

Multinacional holandesa adquire 50% do capital da caxiense Rodoil Julio Soares/divulgação
Fundada em 2006, a Rodoil deve faturar R$ 5 bilhões em 2018, possui mais de 300 postos com sua marca e fornece para outras 1,4 mil revendas nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina Foto: Julio Soares / divulgação

A holandesa Vitol, um dos players mundiais no ramo de refino, armazenagem, distribuição e venda de combustíveis, com uma rede de 5,3 mil postos em mais de 20 países, acaba de concretizar um negócio com uma importante empresa caxiense.

A multinacional selou acordo de aquisição de 50% do capital da Rodoil, hoje líder regional em distribuição de combustíveis do Sul do Brasil.

Com o impulso e o aporte financeiro, a marca serrana coloca gás no seu plano de expansão, com a pretensão de reforçar a presença nos Estados do Sul e estender suas ramificações para o Centro-Oeste e o Sudeste do país. 

A "parceria estratégica", como o acordo é definido, foi fechada após um amplo período de negociação e prevê investimentos na Rodoil envolvendo a ampliação da rede de postos, em logística e em infraestrutura.

Com origem na Holanda, a Vitol tem sedes regionais em Londres (Inglaterra), Genebra (Suíça), Houston (Estados Unidos) e Cingapura (Ásia). 

– Identificamos na Vitol um parceiro estratégico, com a experiência internacional e o porte para nos apoiar no plano que já detínhamos de nos tornarmos uma das principais empresas de distribuição de combustíveis do Brasil, e líder em nosso mercado de atuação – confirma Roberto Tonietto, CEO da Rodoil.

O negócio também garante a projeção de um dos principais líderes de mercado de varejo na Austrália, na Turquia e no Continente Africano.

A empresa, que administra companhias de distribuição listadas nas bolsas de valores de Londres e Austrália, vinha planejando seu ingresso no Brasil. Encontrou eco junto à Rodoil, que já conta com um planejamento estratégico ousado de expansão. 

– O Brasil é o sexto maior mercado de consumo de combustíveis do mundo e possui significativo potencial de crescimento adicional. A trajetória de sucesso da Rodoil e a qualidade da sua liderança nos dão confiança de que trabalhando em conjunto poderemos associar a nossa experiência internacional com o conhecimento de mercado local da Rodoil para proporcionar mais benefícios aos consumidores e revendedores brasileiros – declarou Jorge Santos Silva, em nome da Vitol.

A saber: a gestão executiva permanecerá com Roberto Tonietto, que será o CEO da companhia.

Fundada em 2006, a Rodoil deve faturar R$ 5 bilhões em 2018, possui mais de 300 postos com sua marca e fornece para outras 1,4 mil revendas nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

O negócio depende agora do aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica  (Cade). A estruturação da operação de compra foi efetuada pela gaúcha Bateleur e pelo ItauBBA, com o assessoramento jurídico das bancas BMA Advogados e SBSP Associados.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros