Gasto médio com presentes no Dia das Crianças deve superar os R$ 200 em Caxias - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Pesquisa05/10/2018 | 12h13Atualizada em 05/10/2018 | 14h28

Gasto médio com presentes no Dia das Crianças deve superar os R$ 200 em Caxias

Brinquedos lideram a preferência dos presentes e elevam gastos nesta data comemorativa; valor é o mais alto do ano para datas comemorativas

Gasto médio com presentes no Dia das Crianças deve superar os R$ 200 em Caxias Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Maior movimento no comércio é esperado na semana que antecede o 12 de outubro Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A pesquisa de intenção de compras para o Dia das Crianças, realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caxias do Sul, aponta que o gasto médio do consumidor é o mais alto para datas comemorativas analisadas neste ano. O ticket médio com presentes chega a R$ 201,96.  Mas há os que irão optar por investir apenas em serviços, como almoços em família, cinema e outros passeios com crianças. Nesse caso, o gasto será de R$ 122,21.

Pelo histórico das quatro pesquisas anteriores realizadas pela entidade, embora o Dia das Mães seja a data comemorativa que mais movimentou a economia, já que o Dia das Crianças envolve um nicho mais específico, o valor investido no presente foi bem menor. O ticket médio do presente dos filhos para as mães foi de R$ 143,48. 

A explicação do diretor de Pesquisa, Informação e TI da CDL Caxias, Ricardo Regal Comandulli, está em outro dado apontado pelo levantamento:

— A maior parte dos entrevistados, 63% vão comprar brinquedos de presentes e eles não costumam ser baratos.

Roupas e sapatos aparecem na segunda posição entre os itens mais procurados, com 21% das intenções de compra. Chama atenção também que celulares, eletrônicos e games representam 10% da preferência dos entrevistados. Livros de colorir e outros itens apareceram nas demais respostas que somam 5%.

Das 390 pessoas entrevistadas entres os dias 22 e 25 de setembro em diferentes regiões da cidade, 50% disseram que vão fazer compras e, em 52% dos casos, os filhos serão os presenteados, mas 18% também vão contemplar afilhados, 12% os sobrinhos e aparecem na pesquisa filhos de amigos e outras crianças. A maioria, 54% vão  atender o pedido de compra dos filhos.

As lojas de rua concentram o maior movimento com 66% das respostas, seguidos de shoppings com 16%, lojas de bairros com 10% e as vendas de internet que somam 3,2% das respostas. A maioria, o equivalente a 63%, pagará o presente à vista. O maior movimento no comércio é esperado na semana que antecede o dia 12 de outubro, com 53% das intenções de compras no período. Chama atenção ainda que 21% deles deixarão a compra para a véspera.

A expectativa da CDL é de repetir o faturamento no Dia das Crianças do ano passado. O termômetro de vendas de outubro de 2017 apontou um aumento de 10% em relação ao mês anterior.

— Queremos pelo menos repetir o desempenho do Dia das Crianças do ano passado, como em geral temos repetido em datas comemorativas deste ano — aponta Comandulli.

A pesquisa da CDL mostra que 40% irá gastar a mesma quantia do ano passado. 

Leia também
Brasdiesel, de Caxias, inaugura sua sexta concessionária no RS
Unimed Nordeste abre vagas para a ampliação do hospital de Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros