Advogados caxienses fundam instituto de resolução de conflitos - Economia - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Caixa-Forte07/10/2018 | 16h34Atualizada em 07/10/2018 | 16h34

Advogados caxienses fundam instituto de resolução de conflitos

 A causa é nobre por auxiliar na resolução dos processos judiciais, evitar o ajuizamento de novas ações e diminuir a reincidência de atos

Advogados caxienses fundam instituto de resolução de conflitos Fabio Grison/Divulgação
Patrick Mezzomo, Nathália Reschke e Mariana Michelon unem talentos para criar a associação privada sem fins lucrativos Foto: Fabio Grison / Divulgação

Em tempos em que buscar o consenso e a convivência pacífica é um sonho, os advogados Mariana Michelon, Nathália Bittencourt Reschke e Patrick Josué Mezzomo unem suas expertises para fundar, em Caxias do Sul, o Instituto Gaúcho de Direito Sistêmico (IGDS).

A associação privada sem fins lucrativos propõe o viés terapêutico no Direito para soluções de conflitos nas áreas cível e criminal. A causa é nobre por auxiliar na resolução dos processos judiciais, evitar o ajuizamento de novas ações e diminuir a reincidência de atos, explica Nathália. 

Uma das ferramentas é o método terapêutico Constelação Familiar, lançando luz às influências comportamentais. Além de atender à iniciativa privada, o IGDS pretende atuar em parceria com Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e Ordem dos Advogados do Brasil. A área de atuação inicial é com processos judiciais que estejam em tramitação nas Varas de Família, Juizado da Infância e Juventude e nas Varas Criminais.

A saber: o RS possui quase três milhões de processos em primeiro grau. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros