Um funcionário pode elevar a imagem da loja, ou arruiná-la - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte23/09/2018 | 15h46Atualizada em 23/09/2018 | 15h46

Um funcionário pode elevar a imagem da loja, ou arruiná-la

Cuide de sua equipe, que é quem cuidará de seu maior patrimônio: seus clientes

Precisamos ser justos. Quando entramos em uma loja em que somos mal atendidos, não raro a crítica recai sobre a cultura do estabelecimento e a falta de treinamento oferecido aos funcionários. Mas também é preciso levar em conta outra peculiaridade. Numa mesma loja, a experiência pode ser distinta. E quem fará a diferença, como os empresários sempre salientam, são as pessoas. Seus perfis pessoais, entusiasmo, zelo e gosto pelo que fazem.

Num mesmo estabelecimento de um shopping de Caxias, a colunista teve experiências distintas. Num dia, falta de atenção e desprezo (ou desleixo?) no atendimento. Semanas depois, numa segunda chance, deparou com outra atendente, mais madura, esbanjando tato, simpatia, paciência. 

De fato, um funcionário pode elevar a marca, abrilhantá-la no mercado. Ou arruiná-la. Por isso, nunca é demais repetir: cuide de sua equipe, que é quem cuidará de seu maior patrimônio: seus clientes.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros