Três de cada cinco cidades da Serra não bancam suas despesas sozinhas - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

+Serra24/09/2018 | 10h05Atualizada em 24/09/2018 | 10h05

Três de cada cinco cidades da Serra não bancam suas despesas sozinhas

29 prefeituras da região dependem de repasses para custear estrutura

Três de cada cinco cidades da Serra não bancam suas despesas sozinhas Roni Rigon / Agência RBS/Agência RBS
Pinhal da Serra, na divisa com Santa Catarina, gera menos de 5% das receitas necessárias para custear sua estrutura Foto: Roni Rigon / Agência RBS / Agência RBS

Três em cada cinco municípios da Serra não conseguem gerar receitas próprias suficientes para custear a estrutura da máquina pública, entre prefeitura, secretarias e Câmara de Vereadores. A constatação é feita pela Federação da Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), em estudo sobre a capacidade de geração de tributos municipais e o custo das administrações de todo o país. Ao todo, 29 das 49 cidades serranas, praticamente 60% delas, dependem de repasses de verbas da União e do Estado para conseguir suprir os gastos básicos.

Clique na imagem abaixo e saiba quais são essas cidades, quanto arrecadam e quanto gastam na manutenção do Executivo e do Legislativo.

Leia também
Feira em Bento Gonçalves vai impulsionar negócios no mundo do vinho
Em agosto, Caxias lidera criação de empregos no Estado
Crise e desemprego levam profissionais à informalidade


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros