"Tentei baratear, mas não consegui", diz proprietário de boxes em condomínio de Caxias  - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Condomínios27/09/2018 | 07h00Atualizada em 27/09/2018 | 07h18

"Tentei baratear, mas não consegui", diz proprietário de boxes em condomínio de Caxias 

Cerca de 80% dos condomínios da cidade sofrem com a inadimplência

"Tentei baratear, mas não consegui", diz proprietário de boxes em condomínio de Caxias  Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

As assembleias em condomínios proporcionam que os condôminos se manifestem e possam sugerir dicas para economizar no pagamento das taxas. No entanto, nem sempre isso acontece. E o que vale é a aprovação da maioria que participa das assembleias. Atualmente, cerca de 80% dos conjuntos residenciais e comerciais de Caxias do Sul enfrentam problemas com a inadimplência.

Dono de 49 boxes de garagem em um condomínio na área central de Caxias, Leonel Taffarel diz ter perdido a conta de quantas vezes propôs ao síndico o barateamento de uma prestadora de serviços que administra o empreendimento. 

Buscou orçamentos por conta própria para apresentá-los nas assembleias a um custo 42% menor. Pediu ao síndico que informasse os condôminos da existência de propostas com valores  menores.

— De nada adiantou — diz ele.

Leia mais
80% dos condomínios de Caxias sofrem com inadimplência

Taffarel conta que paga um custo de administração de R$ 60,50 por box.  Conseguiu uma administradora, segundo ele, do mesmo nível no mercado, que faria o mesmo trabalho por R$ 35 por box. Tentou convencer os condôminos da economia, mas não obteve sucesso. 

— O custo mensal poderia reduzir mais de R$ 19 mil. O síndico desprezou a possibilidade de avaliar a proposta.  O valor pago atualmente (R$ 60,50) é injusto —  reclama. 

O condomínio conta com 770 boxes. Por ano, a economia chegaria a quase R$ 250 mil. 

— Em um período de cinco anos, o valor pago a mais e sem necessidade alcança um montante de R$ 1,2 milhão — calcula. 

O síndico do condomínio ressaltou à reportagem do Pioneiro que segue o que foi definido na assembleia, que, segundo ele, tem o poder de decidir, inclusive, quem vai administrar.

Leia também
Procon Caxias do Sul intensifica fiscalização em financeiras para proteger idosos
Após chegar a R$ 4,98, preço médio da gasolina em Caxias deve subir com reajuste do ICMS

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros