Empresa da Serra quer transformar lixo em energia elétrica - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte23/09/2018 | 09h31Atualizada em 23/09/2018 | 09h31

Empresa da Serra quer transformar lixo em energia elétrica

Fundação Proamb conheceu centrais geradoras de energia elétrica a partir de resíduo sólido urbano na Suécia e Finlândia

Inspirada por centrais geradoras de energia elétrica a partir de resíduo sólido urbano na Suécia e Finlândia, a Fundação Proamb, com sede em Bento Gonçalves, pretende diversificar o potencial de sua unidade de coprocessamento em Nova Santa Rita. 

Pioneira no Estado na utilização do blend extraído de resíduos sólidos industriais para a geração de energia térmica, a companhia pretende expandir sua atuação e passar a produzir energia elétrica. 

– Hoje, menos de 3% da geração de resíduos sólidos urbanos nesses países são destinados para aterro. No Brasil, 55% são enviados a aterro adequado, o resto vai para o lixão – compara Gustavo Fiorese, diretor de Operações da Proamb, que viajou ao Exterior ao lado do presidente da empresa, Neri Basso, e do vice-presidente, Olívio Aimi.

As realidades são distintas, claro, mas o momento é de investir em tecnologia e avançar passo a passo. O caminho é longo nessa área de transformar um passivo ambiental em negócio sustentável.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros