Randon, de Caxias, cresce 46,6% no primeiro semestre - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte08/08/2018 | 21h08Atualizada em 08/08/2018 | 21h08

Randon, de Caxias, cresce 46,6% no primeiro semestre

De janeiro a junho, a receita bruta total da companhia, com impostos e antes da consolidação, somou R$ 2,8 bilhões

Randon, de Caxias, cresce 46,6% no primeiro semestre Roni Rigon/Agencia RBS
A carteira de produção dos principais fabricantes indica volumes positivos para os próximos meses Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A safra de divulgações do balanço do setor industrial no primeiro semestre continua. Nesta quarta-feira foi a vez da caxiense Randon informar os números, confirmando que o processo de retomada do mercado brasileiro de caminhões e semirreboques está mais intenso do que a economia no geral.

De janeiro a junho, a receita bruta total da companhia, com impostos e antes da consolidação, somou R$ 2,8 bilhões, acelerada de 46,6% em relação ao mesmo período de 2017, quando a cifra foi de R$ 1,9 bilhão. Já a receita líquida consolidada do grupo alcançou R$ 1,9 bilhão no primeiro semestre, avanço de 48,1% em comparação aos primeiros seis meses do ano passado, quando chegou a R$ 1,3 bilhão.

Por que o mercado, a despeito das incertezas políticas, está reagindo? 

– A necessidade de renovação da frota nacional e a vantagem competitiva de produtos mais atualizados, que trazem maior eficiência e produtividade  à operação, têm sido fatores fundamentais na tomada de decisão dos transportadores – responde o diretor de Relações com Investidores, Geraldo Santa Catharina.

No acumulado de 2018, o lucro líquido consolidado da Randon somou R$ 74,6 milhões, contra R$ 20,6 milhões no mesmo período de 2017.

A carteira de produção dos principais fabricantes indica volumes positivos para os próximos meses. Apesar da  greve dos caminhoneiros também ter afetado o segmento de autopeças, as operações já se ajustaram e o volume de pedidos mostra-se consistente.

Avaliando os resultados da  Randon e da Marcopolo, as duas maiores indústrias de Caxias, é possível afirmar que a retomada da produção tem sido gradual e até surpreendente. A torcer para que o 2º semestre mantenha esse ritmo.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros