Empresa caxiense exibe na Expointer robô que serve chimarrão - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte30/08/2018 | 14h30Atualizada em 30/08/2018 | 14h30

Empresa caxiense exibe na Expointer robô que serve chimarrão

O objetivo é introduzir o assunto robótica e sua aplicação junto ao setor agrícola

Empresa caxiense exibe na Expointer robô que serve chimarrão Fabian Tamura/DIVULGAÇÃO
Um robô que serve chimarrão custa R$ 150 mil, valor que saltaria para R$ 500 mil ou R$ 600 mil para aplicações mais complexas da indústria Foto: Fabian Tamura / DIVULGAÇÃO

Uma empresa de Caxias do Sul promete ser a grande sensação a partir do final da tarde desta quinta-feira até sábado, na Expointer, em Esteio. A Tamura Robótica Industrial exibirá na praça central do Centro de Exposição Assis Brasil um de seus robôs colaborativos – importado da Dinamarca –, que servirá aos visitantes o tradicional chimarrão. 

A companhia serrana participa pela primeira vez da feira a partir de parceria com a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul).

O proprietário da empresa, Fabian Tamura, explica que o objetivo é introduzir o assunto robótica e sua aplicação junto ao setor agrícola, já que é possível, por exemplo, programar um robô para plantio, colheita e monitoramento do campo. Um robô adaptado pela Tamura já serviu cerveja na inauguração de um bar em Gramado.  Com treinamento no Japão, a Tamura está no mercado há quase oito anos. 

Curiosidade: um robô que serve chimarrão custa R$ 150 mil, valor que saltaria para R$ 500 mil ou R$ 600 mil para aplicações mais complexas da indústria.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros