Caxias abre 156 postos de trabalho em julho, segundo o Caged - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Emprego22/08/2018 | 19h46Atualizada em 22/08/2018 | 19h46

Caxias abre 156 postos de trabalho em julho, segundo o Caged

No ano, município acumula a criação 5,3 mil vagas formais

Caxias abre 156 postos de trabalho em julho, segundo o Caged Marcelo Casagrande/Marcelo Casagrande
Indústria gerou 443 vagas, enquanto setores como comércio e serviços tiveram saldo negativo no mês Foto: Marcelo Casagrande / Marcelo Casagrande
Pioneiro
Pioneiro

A largada do segundo semestre foi animadora no mercado de trabalho em Caxias do Sul. O município criou 156 novos postos com carteira assinada em julho. O resultado é decorrente do saldo entre as 5.716 contratações e as 5.560 demissões que ocorreram no período, segundo o Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Os indicadores foram divulgados pelo governo federal no fim da tarde desta quarta-feira. 

É o sétimo mês consecutivo que Caxias tem saldo positivo no Caged. Em julho, a indústria de transformação foi o setor que mais contratou no município. Ao todo, foram gerados 443 empregos formais no segmento. Também tiveram desempenho no azul o setor de serviços industriais de utilidade pública, com saldo positivo de 12 vagas, e a atividade extrativa mineral, com 6 posições criadas. 

Por outro lado, o comércio foi quem mais demitiu no mês passado, com saldo negativo de 157 postos de trabalho no mercado caxiense. Já o setor de serviços encerrou 109 postos e a agropecuária teve redução de 29 posições. Ainda fecharam o período no vermelho a construção civil, com redução de 8 vagas, e a administração pública, com 2 posições a menos.  

No acumulado do ano 

No decorrer de 2018, Caxias do Sul é o segundo município que mais criou vagas no Rio Grande do Sul. De janeiro a julho, foram realizadas 42.336 admissões e 37.014 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 5.322 novos empregos com carteira assinada. O desempenho só é inferior ao de Santa Cruz do Sul, que criou 6.025 vagas neste ano. 

Ainda que o Estado tenha fechado 2.584 postos de trabalho em julho, o saldo no ano é positivo. Até o momento, o Rio Grande do Sul criou 19.508 vagas formais, segundo o Caged. 

Leia também:
Iotti: aumentos na conta de luz chegam a 70%
2018, melhor ano para as exportações da caxiense Volare
Contas de luz assustam consumidores em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros