Caixa-Forte: nem vinho, nem espumante: suco de uva - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Boa safra09/08/2018 | 07h20Atualizada em 09/08/2018 | 11h58

Caixa-Forte: nem vinho, nem espumante: suco de uva

Na Cooperativa Nova Aliança, de Flores da Cunha, a bebida já responde por 50% do faturamento

Caixa-Forte: nem vinho, nem espumante: suco de uva Tatiana Cavagnolli/Agencia RBS
Pelos seus propagados benefícios à saúde e em função da Lei Seca, o suco de uva está atraindo as apostas das vinícolas serranas Foto: Tatiana Cavagnolli / Agencia RBS

Pelos seus propagados benefícios à saúde e em função da Lei Seca, o suco de uva está atraindo as apostas das vinícolas serranas. Na Cooperativa Nova Aliança, de Flores da Cunha, a bebida já responde por 50% do faturamento, consolidando-se como o segundo player nacional em vendas do produto, garante a empresa.

Leia mais
Caxias premia melhores vinhos do município

Na safra de 2018, a vinícola processou 40 milhões de quilos de uva, derivando em 20 milhões de litros de suco e outros 20 milhões em vinhos finos, de mesa, filtrados e espumantes.

É a resposta a uma demanda no cálice: no primeiro semestre, o suco integral Aliança  ampliou as vendas em 76% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os principais mercados são as regiões Sul e Sudeste. A participação até outubro em três feiras do setor (em Porto Alegre, Bento Gonçalves e Belo Horizonte) busca bebericar novos destinos.

Leia também
Randon, de Caxias, cresce 46,6% no primeiro semestre
Fras-le adquire empresa catarinense por R$ 180 milhões
Fras-le cresce impulsionada por aquisições externas
Saiba como economizar na hora de abastecer nos postos da Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros