Sine relata melhora de oferta de empregos em Caxias - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Mercado de trabalho17/07/2018 | 11h55Atualizada em 17/07/2018 | 18h23

Sine relata melhora de oferta de empregos em Caxias

Média informada é de cerca de 100 vagas na agência

Sine relata melhora de oferta de empregos em Caxias Roni Rigon/Agencia RBS
Filas no Sine de Caxias do Sul estão maiores para busca de empregos Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

 Correção: o balanço positivo de 4,7 mil empregos em Caxias do Sul é referente ao levantamento realizado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nos primeiros cinco meses de 2018, e não às intermediações na agência do Sine na cidade no primeiro semestre, como publicado entre 11h26min e 17h52min de 17 de julho de 2018. O texto já foi corrigido.   

Balanço de empregos, divulgado pela agência do Sine de Caxias do Sul com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) até maio, mostra um saldo positivo de 4,7 mil empregos. É o resultado da diferença entres admissões e demissões do primeiro semestre na cidade. Na comparação com os primeiros cinco meses do ano passado, é perceptível a melhora do mercado de trabalho. Em 2017, o saldo positivo no mesmo período foi menor, de 1.645 vagas.

O coordenador do Sine de Caxias, Valmir Nogueira Funari, destaca que, muitas vezes, as filas são maiores para procurar emprego do que para encaminhar o seguro pela perda da vaga.

— Mais da metade das pessoas que vêm aqui está em busca de trabalho. Hoje temos cerca de 100 vagas por dia, porque sentimos o mercado se aquecendo novamente, com uma melhora substancial provocada pela indústria — aponta Funari.

Mesmo as vagas de outros setores têm relação com a demanda das fábricas da cidade. O coordenador da agência destaca entre os postos que mais abriram no semestre os de motorista de caminhão e de vigilantes. Segundo ele, nota-se na intermediação com as empresas que elas estão aumentando o horário de funcionamento em muitos casos.

Leia também:
Morador de casarão incendiado em Caxias morreu por asfixia
Secretário da Saúde de Caxias admite falta de 19 pediatras
Prefeitura realiza novo estudo de viabilidade econômica do contorno sul de Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros