Sem consenso, convenção coletiva dos metalúrgicos chega à 7ª rodada de negociação - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte19/07/2018 | 14h00Atualizada em 19/07/2018 | 14h00

Sem consenso, convenção coletiva dos metalúrgicos chega à 7ª rodada de negociação

Próxima reunião está agendada para a próxima quarta-feira à tarde

Sem consenso, convenção coletiva dos metalúrgicos chega à 7ª rodada de negociação Roni Rigon/Agencia RBS
Em encontro nesta semana, o Simecs (entidade patronal) reafirmou o mesmo percentual de 2% de reposição salarial (pouco acima da inflação pelo INPC) Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Continua em impasse a convenção coletiva dos metalúrgicos de Caxias e região, já que os representantes dos profissionais e dos empresários trabalham com propostas muito distantes.

A próxima rodada de negociação, a sétima, está agendada para 25 de julho (próxima quarta-feira), às 15h. Em encontro nesta semana, o Simecs (entidade patronal) reafirmou o mesmo percentual de 2% de reposição salarial (pouco acima da inflação pelo INPC). Já os trabalhadores chegaram a reivindicar aumento de 7%, e alegam que a retomada econômica justifica um percentual de reajuste real.

A categoria tem data-base de 1º de junho, embora os diretos sejam assegurados até 30 de setembro de 2018, conforme prevê uma cláusula da Convenção Coletiva 2017, reivindicada pelo Sindicato dos Metalúrgicos.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros