MPEs concentram mais de 60% dos empregos do Estado - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Mercado de trabalho25/07/2018 | 15h51Atualizada em 25/07/2018 | 16h13

MPEs concentram mais de 60% dos empregos do Estado

Micro e Pequenas Empresas são responsáveis pelas ocupações de mais de 1,2 milhão de trabalhadores gaúchos

MPEs concentram mais de 60% dos empregos do Estado Alencar Turella/divulgação
Os dados revelam os setores que tiveram crescimento e redução em empreendimentos no Estado. A maior queda foi no comércio, que passou de 300.800 micro e pequenas empresas em 2006 para 252.945 em 2016, uma redução de mais de 15% Foto: Alencar Turella / divulgação
Pioneiro
Pioneiro

As micro e pequenas empresas geram o maior número de empregos formais no país e no Estado. No Rio Grande do Sul, 61% dos trabalhadores estão nas MPEs. No Brasil, esse percentual é de 54,5%, o que reforça a máxima de que a geração de empregos está nos pequenos negócios. 

Leia mais:
Caxias do Sul registra a abertura de uma empresa por hora

Em 10 anos, houve um aumento de 1,1 milhão de micro e pequenas empresas no Brasil, o que representa crescimento de 21,9% no número de empresas, responsáveis por criar mais 5 milhões de novos empregos. A informação integra o Anuário do Trabalho nos Pequenos Negócios, elaborado pelo Sebrae, com base nas informações do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Econômicos (Dieese).

O Anuário também mostra que o percentual de demissões nos pequenos negócios foi proporcionalmente menor do que nas médias e grandes empresas. Enquanto as MPEs dispensaram 300 mil trabalhadores em todo Brasil, entre 2014 e 2015, e 600 mil, de 2015 para 2016, nas médias e grandes empresas essa perda foi bem maior: de 1,1 milhão e de 900 mil, respectivamente.

Em Caxias do Sul, no primeiro semestre deste ano foram abertas 4,3 mil pequenos negócios.

NÚMEROS

* No país, o número de empregados em micro e pequenas empresas passou de 17,49 milhões em 2015 para 16,90 milhões em 2016. Entre os gaúchos houve redução, de 1,278 milhão em 2015 para 1,244 milhão em 2016.

* Os negócios de pequeno porte do Estado estão entre os que pagam melhores salários do Brasil. A remuneração média por aqui foi de R$ 1.998, perdendo para São Paulo, com R$ 2.246, e Santa Catarina, com R$ 2.013.

* O percentual de demissões nos pequenos negócios foi proporcionalmente menor do que nas médias e grandes empresas. Enquanto as MPEs dispensaram 300 mil trabalhadores em todo Brasil, entre 2014 e 2015, e 600 mil, de 2015 para 2016, nas médias e grandes empresas essa perda foi bem maior: de 1,1 milhão e de 900 mil, respectivamente.

* Em 2016, 102 mil estabelecimentos deixaram de existir no país, reduzindo-se a 6,8 milhões o número de MPEs, o que configura queda de 1,5% no número de empreendimentos.

* No Rio Grande do Sul também registou redução no número de MPEs, que passaram de 604.542 em 2015 para 588.699 em 2016, o mesmo patamar de 2007. Mesmo assim mantém a taxa de 8,6% dos pequenos negócios do país.

* As MPEs representam 99% dos negócios no Brasil.  No Rio Grande do Sul, esse percentual é de 99,3% .

  1. * 82% estão localizadas no interior do Estado, e apenas 18% na capital. 

* A maior queda foi no comércio, que passou de 300.800 micro e pequenas empresas em 2006 para 252.945 em 2016, uma redução de mais de 15%.

* Na indústria, a variação foi menor, mas ainda assim o número passou de 73.978 estabelecimentos para 70.159, no mesmo período. 

* A maior alta foi registrada na construção civil. Nesse setor, o número de pequenos negócios quase dobrou e foi de 21.302 em 2006 para 41.027 em 2016. 

* Outro segmento que registrou ascensão no número de empresas foi o de serviços, que passou de 182.607, em 2006 para 224.568 em 2016. 

* Por trás dessa evolução em alguns setores pode estar o empreendedorismo por necessidade, especialmente iniciado por profissionais que passam a trabalhar como autônomos e abrem suas próprias empresas.

Fonte:  Sebrae


Leia também:  
Lançado Roteiro do Turismo Industrial na Serra
Mercopar promete movimentar R$ 70 milhões em negócios na Serra


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros