De cada 10 processos trabalhistas, nove são improcedentes - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte24/07/2018 | 17h00Atualizada em 24/07/2018 | 17h00

De cada 10 processos trabalhistas, nove são improcedentes

Juiz do Trabalho Marcelo Porto atraiu uma plateia de 350 pessoas à CIC de Caxias

De cada 10 processos trabalhistas, nove são improcedentes Antônio Valiente / Divulgação /Divulgação
Foto: Antônio Valiente / Divulgação / Divulgação

"Nós aplicamos a lei, não a criamos". Com essa frase, o juiz do Trabalho Marcelo Porto expressou os desafios de ser titular da 6ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul, em palestra nesta segunda-feira na reunião-almoço da CIC. 

Preocupados em reduzir riscos de reclamatórias por acidentes e doenças laborais, 350 empresários e profissionais lotaram a casa, ficando difícil até conseguir vaga para estacionar. 

Hoje, o estoque de processos envolvendo acidentes e doenças do trabalho à espera de julgamento na cidade está na casa de oito mil.

– Para evitar as demandas indenizatórias, é preciso capacitação adequada, adquirida mediante treinamento efetivo, e plena identificação dos riscos aos quais o trabalhador se encontra exposto. A responsabilidade se mede pela extensão do dano  – recomendou o juiz.

Marcelo Porto destaca sua preocupação com um julgamento técnico das ações. E garante: de cada 10 processos, nove são improcedentes. 

Lesões por esforços repetitivos correspondem de 60% a 70% dos casos. Os demais são traumas de acidentes. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros