Quando uma empresa é nômade - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte22/06/2018 | 08h00Atualizada em 22/06/2018 | 08h00

Quando uma empresa é nômade

O mercado de trabalho atual, a partir da conjugação de tecnologia e novos nichos, abre espaço para empreendedores menos formais e sem sede fixa

Quando uma empresa é nômade Paulo Pasa/divulgação
Pauline e Taís unem talento para empreender Foto: Paulo Pasa / divulgação

Esqueça as regras do passado. O mercado de trabalho atual, a partir da conjugação de tecnologia e novos nichos profissionais, abre espaço para empreendedores menos formais. Não é preciso ter sede fixa no segmento de serviços, por exemplo.  

Foi com esse conceito que Pauline Gazola, 26 anos, de Galópolis, e Taís Giacomet, 24, de São Gotardo de Vila Seca, resolveram transformar a sintonia e a amizade em novo negócio. Nasceu assim a Nômade Comunicação, voltada a marketing e mídia digital. O público-alvo são empresas não apenas da Serra, mas de outros Estados. A sede? Onde houver internet. 

Pauline cursou Publicidade e Propaganda e Taís, Relações Públicas, complementando as áreas de atuação.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros