Os produtos que mais aumentaram e baixaram de preço no pós-greve  - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte07/06/2018 | 15h13Atualizada em 07/06/2018 | 15h13

Os produtos que mais aumentaram e baixaram de preço no pós-greve 

Confira a oscilação de uma semana para outra na Ceasa Serra

Os produtos que mais aumentaram e baixaram de preço no pós-greve  Diogo Sallaberry/Agencia RBS
A torcida é para que os preços retomem o patamar de antes das manifestações Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

As baixas temperaturas aliadas ao restabelecimento gradual da oferta pós-greve ainda impactam nos preços dos hortifrutigranjeiros na Ceasa Serra. Na central de abastecimento de Caxias, da semana passada para esta, os produtos com maiores altas de preços foram vagem (53,5%), repolho verde (26,2%) e laranja valência (22%), por conta do frio.

Já a volta do abastecimento, com o fim das paralisações, puxou para baixo o valor de alimentos como banana caturra (-54,3%), pimentão verde (-34,1%) e tomate longa vida (-30,9%).

Quase todos os produtos estão chegando à Ceasa. A torcida é para que os preços retomem o patamar de antes das manifestações. Enquanto o cenário não está totalmente normalizado, o consumidor pode fazer sua parte em casa, ao evitar produtos que ainda estejam superfaturados, diversificar os cardápios, escolher legumes e frutas alternativos e pesquisar em mercados e feiras antes de comprar.



 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros