Estabelecimentos de Bento saem de guia que oferece descontos a consumidores  - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Consumo18/06/2018 | 20h36Atualizada em 18/06/2018 | 20h36

Estabelecimentos de Bento saem de guia que oferece descontos a consumidores 

Nove bares e restaurantes optaram por deixar o Prime Gourmet Uva e Vinho. Organizadores da iniciativa pretendem dar compensações a quem comprou livro ou aplicativo

Estabelecimentos de Bento saem de guia que oferece descontos a consumidores  Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Um livro com cupons de descontos em diversos estabelecimentos, entre bares, hotéis e restaurantes, tornou-se o centro de uma polêmica que movimenta Bento Gonçalves desde a semana passada. Nove empresas do setor gastronômico da cidade decidiram romper com os organizadores do Prime Gourmet Uva e Vinho, guia que promete benefícios em 118 pontos na região, e começaram a recusar os vouchers (cupons) apresentados pelos consumidores.  

Em uma nota divulgada na quinta-feira passada, essas empresas alegam divergências com os organizadores do Prime Gourmet e apontam que “sentiram-se lesadas, visto que houve uma pressão extrema para o ingresso de forma impensada (dos consumidores)”. A saída dos estabelecimentos ocorre menos de três meses após o início da parceria, que teria validade até março de 2019.  

Na maioria dos restaurantes incluídos no guia, a promoção garantia um segundo prato gratuito aos clientes que apresentassem o cupom. O sócio-proprietário de um dos estabelecimentos que optaram por sair da iniciativa diz que o fluxo de clientes com o cupom foi muito acima do esperado. Segundo esse empresário, que pediu para não ser identificado, a alta demanda estava causando prejuízo.

– Pela situação que vivemos no país, estamos com a corda no pescoço. Por isso, decidimos sair. Nesse tempo, em torno de 600 pessoas vieram aqui com o cupom. Com certeza, mais gente vai sair – conta o empresário. 

Na nota, as empresas apontam que “não era possível verificar a quantidade de cupons disponibilizados”, já que não há numeração nos vouchers. No entanto, o proprietário do Prime Gourmet, Bruno Monteiro, enfatiza que, desde o princípio, os donos dos estabelecimentos foram informados de que haveria uma tiragem de 10 mil cópias da edição Uva e Vinho, sendo 6 mil livros e 4 mil em um aplicativo para smartphones, cada uma ao preço de R$ 200. 

Entre livros e aplicativos, Monteiro afirma que foram comercializados em torno de 3 mil exemplares até o momento. Segundo ele, nos estabelecimentos de Bento mais procurados, a taxa de conversão dos vouchers em descontos não passa de 5% da tiragem total.  

O dirigente ainda menciona que, conforme os contratos de parceria assinados com o Prime Gourmet, as companhias recebem de R$ 2 mil a R$ 4 mil em guias para serem vendidos por elas, ficando com o lucro. Além disso, ganhariam comissões por vendas, se beneficiariam pela exposição da marca e pela possibilidade de fidelizar novos clientes. 

– Não compreendemos a motivação da saída – resume. 

Procon não recebeu queixas

De acordo com Monteiro, os vouchers dos nove estabelecimentos, agora, poderão ser utilizados em outros lugares, que foram agregados ao Prime Gourmet. Além disso, ele diz que as pessoas que compraram a edição Uva e Vinho, poderão solicitar, gratuitamente um guia de descontos em aplicativo de Gramado ou de Porto Alegre. 

Nos últimos dias, diversos consumidores reclamaram da situação nas páginas dos estabelecimentos que saíram e do Prime Gourmet nas redes sociais. No entanto, o Procon de Bento Gonçalves não recebeu nenhuma queixa contra as empresas que passaram a recusar os cupons ou contra os organizadores do guia.  

– Não temos nenhuma reclamação de consumidor. Se formos procurados, verificaremos o que aconteceu. Mas, para isso, é necessário que os consumidores que se sintam lesados venham até aqui – afirma Karen Battaglia, coordenadora do Procon de Bento. 

Karen diz que apenas ouviu relatos sobre o imbróglio e recomendou às pessoas que procurassem o Procon, caso se sentissem lesadas pela saída dos restaurantes do guia. Ela enfatiza que, sem uma reclamação formal, o órgão de defesa do consumidor nada pode fazer. 

Quem não aceita mais o cupom:
- Amora Sabores Especiais
- Botequim São Bento
- Cobo Wine Bar  
- Hamburgueria Taberna
- Katsu Sushi Bar
- La Madre Cocina Mexicana
- Nona Ludia
- Osteria del Valle  
- Yoko Lounge Sushi 

Quem passa a aceitar o cupom:
- Casa Della Pasta
- Churrascaria Galpão Crioulo (Porto Alegre)
- Colheita Butique Sazonal
- Sabor do Vale
- Sushiame Cozinha Fusion
- Videiras
- Vegas Store Beer
- Outros quatro lugares devem ser anunciados nos próximos dias.

Comprou o guia?

Se você possui o guia Prime Gourmet Uva e Vinho, poderá escolher também um outro guia no aplicativo: Gramado ou Porto Alegre.

Para isso, deve enviar, até 30 de junho, uma foto da capa do guia com seu nome completo e CPF para o telefone (51) 99580-7531 ou e-mail primegourmetserra@gmail.com


Leia também:
Como a Copa do Mundo impacta a economia caxiense
Marcopolo investe no mercado argentino
Iguatemi Caxias dá desconto em estacionamento para quem pagar pelo app

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros