Copa do Mundo impulsiona vendas de eletroeletrônicos em Caxias do Sul - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Comércio 07/06/2018 | 15h50Atualizada em 07/06/2018 | 15h50

Copa do Mundo impulsiona vendas de eletroeletrônicos em Caxias do Sul

Item mais procurado são TVs de telas grandes

Copa do Mundo impulsiona vendas de eletroeletrônicos em Caxias do Sul Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS
Gaúcha Serra

A uma semana da abertura da Copa do Mundo da Rússia, o comércio de Caxias do Sul registra crescimento médio de 15% na venda de eletroeletrônicos. Em algumas redes, o aumento no faturamento chega a até 50%. 

A tendência foi identificada em levantamento de GaúchaZH com gerentes de redes de lojas de Caxias do Sul, no final de maio e também última quarta-feira (6). Conforme a maioria dos varejistas, os itens mais buscados são as TVs de LED de tela grande. 

— O que o cliente tem buscado não é mais um televisor de 28 e 32 (polegadas) ele está buscando uma coisa um pouco melhor, um televisor de 49, 50 e até 60 polegadas — diz Gerson Decker, gerente de uma das lojas Deltasul de Caxias.

Além disso, outros itens pegaram carona e registraram aumento nas vendas. Produtos como sofás, estantes, suportes para TVs e poltronas tiveram um aumento de também 15% nas vendas nos últimos dois meses.

José Carlos Kutti, gerente da Loja Magazine Luiza, explica que esse aumento é decorrente das chamadas “vendas agregadas”.

— O cliente sai de uma TV de 32 e vai para uma de 50 [polegadas]. Assim ele tem que trocar o painel, trocar o rack para suportar essa TV e também aproveita uma oferta de sofá mais confortável. Tudo isso vai ajudando com que ele saia daqui com mais produtos do que veio comprar.

Conforme um levantamento do Sindilojas de Caxias do Sul com associados, com a proximidade da Copa, a expectativa era de que a procura aumentasse e o crescimento se mantivesse superior a 25%. Porém, na maioria dos estabelecimentos visitados, as paralisações dos caminhoneiros acabaram freando a tradicional procura de última hora, deixando as vendas de eletroeletrônicos estáveis. 

Em comparação com outros anos que de Copa do Mundo, como 2014 e 2010, os varejistas percebem um aumento de 15% a 20% na demanda por produtos da linha de som e imagem. Entre os principais motivos apontados pelas redes de comércio, estão a queda nos preços das TVs de tela grande e a necessidade da troca por um aparelho com conversor digital.

Tendência nacional

Nacionalmente, essa mesma tendência é identificada por micro e pequenos empresários, conforme aponta um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), divulgado pela CDL Caxias.

A pesquisa revela que três em cada dez micro e pequenos empresários dos ramos do comércio e serviços estimam que as vendas dos setores como um todo aumentem no período dos jogos. Entre os varejistas que projetam crescimento, a expectativa é de aumento no faturamento chegue a até 27%.

Leia também:
Caxias do Sul registra 21 prisões por furtos, roubos e extorsões em maio
ExpoBento abre ao público nesta quinta

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros