Preço dos alimentos chegou a duplicar de uma semana para outra na Ceasa Serra - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte31/05/2018 | 15h07Atualizada em 31/05/2018 | 15h07

Preço dos alimentos chegou a duplicar de uma semana para outra na Ceasa Serra

Greve dos caminhoneiros retrai oferta de frutas e verduras, elevando o valor

Preço dos alimentos chegou a duplicar de uma semana para outra na Ceasa Serra Diogo Sallaberry/Agencia RBS
A fatura dessa desestruturação no abastecimento continuará chegando ao consumidor Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Com o declínio acentuado na oferta de hortifrutigranjeiros na Ceasa Serra, por conta da greve dos caminhoneiros (e de outras categorias), os preços dos produtos escalaram de uma semana para outra.

Entre os 17 itens com alta expressiva, destacam-se limão taiti (133,5%), banana caturra (108,9%), tomate longa-vida (87,2%) e cebola (81,8%).

Aos poucos, a oferta começa a se normalizar,  mas não será de um dia para outro, e a fatura dessa desestruturação no abastecimento continuará chegando ao consumidor. 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros