Postos devem receber 150 mil litros de gasolina nesta segunda-feira em Caxias do Sul - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Greve dos caminhoneiros27/05/2018 | 20h43Atualizada em 28/05/2018 | 07h02

Postos devem receber 150 mil litros de gasolina nesta segunda-feira em Caxias do Sul

Combustível deve chegar com escolta policial na cidade. Sindsul não informou quais são

Postos devem receber 150 mil litros de gasolina nesta segunda-feira em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro

O Sindicato das Distribuidoras de Combustível do Rio Grande do Sul (Sindsul) prevê o abastecimento de 150 mil litros de gasolina na manhã desta segunda-feira em Caxias do Sul. O combustível deverá ser distribuído em cinco ou seis postos da cidade, e vai suprir prioritariamente a necessidade dos veículos oficiais da segurança pública e da saúde. Caso tenha sobra, a gasolina será disponibilizada para o consumidor em geral.

- A preocupação é com o abastecimento dos órgãos vitais, depois para a população que inicia a semana com o trabalho e a escola das crianças - diz o presidente do Sindsul, Roberto Tonietto.

A orientação do sindicato é que os postos mantenham os preços praticados antes da greve dos caminhoneiros.

Essa será a segunda tentativa de fazer chegar combustível à Serra. No final da manhã de ontem, o Sindsul tentou trazer 11 caminhões com 300 mil litros de gasolina para Garibaldi, Bento Gonçalves e Caxias, mas cinco veículos que estavam na garagem da transportadora, em Esteio, na Região Metropolitana, foram sabotados. Os caminhões tiveram as mangueiras do combustível cortadas e os motoristas receberam ameaças por meio de uma rede social.

O comboio terá a escolta da Brigada Militar.

A falta de combustível ocorre devido às manifestações dos caminhoneiros que acontecem na rodovias de todo o país, incluindo a Serra Gaúcha. Eles reivindicam a redução da carga tributárias dos combustíveis, principalmente do óleo diesel.

Assim que os protestos terminarem, será necessário pelo menos três dias para a situação de abastecimento normalizar. Os postos de Caxias do Sul estão vazios desde a tarde de quinta-feira. Na sexta, um posto colocou 3,5 mil litros nas bombas e a fila avançava por pelo menos quatro quadras. Mesmo assim só era permitido abastecer R$ 15.

Também há falta de gás na cidade. Na sexta, a maioria das revendas não tinha botijões de 13 quilos em estoque.

Leia mais:
"Foi um homem de muita garra", resume filho de empresário assassinado neste sábado, em Caxias do Sul
Cerca de 145 mil romeiros passaram pelo santuário de Caravaggio, em Farroupilha

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros