Empresária do ramo de eventos desabafa sobre as dificuldades em atuar em Caxias  - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caixa-Forte11/05/2018 | 17h31Atualizada em 11/05/2018 | 17h31

Empresária do ramo de eventos desabafa sobre as dificuldades em atuar em Caxias 

Zeli Dambros, diretora da Affitti, diz que, por uma questão cultural, vários clientes ainda preferem muitas vezes buscar produtos de fora da cidade

Empresária do ramo de eventos desabafa sobre as dificuldades em atuar em Caxias  Ricardo Vieira Pereira/divulgação
Desde que abriu, em 2009, a Affitti já aplicou mais de R$ 2,5 milhões em 30.320 itens para locação (de louças, enfeites a móveis) Foto: Ricardo Vieira Pereira / divulgação

Uma leve melhora,  mas nada expressivo. Assim Zeli Dambros, diretora da Affitti, de Caxias, avalia o filão de materiais de locação para festas. 

– Crescemos 3% em relação ao ano passado. Esperávamos muito mais. A menos que melhore muito, o avanço anual não passará dos 5%. Há, porém, uma esperança porque o segundo semestre é o forte do segmento – analisa.

Mesmo com o mercado acanhado, as empresas não podem perder do horizonte o reinvestimento em tendências e novidades. Desde que abriu, em 2009, a Affitti já aplicou mais de R$ 2,5 milhões em 30.320 itens (de louças, enfeites a móveis) para decorar casamentos, formaturas, aniversários e eventos corporativos.

– Não podemos esperar a crise passar para investir, temos de trazer o melhor para os nossos clientes – salienta a empresária, acrescentando que suportes de doces em cristal âmbar, peças em cobre e taças bico de jaca são algumas das tendências na decoração em 2018.

Hoje, por exemplo, a Affitti oferece quase 9 mil sousplats ( pratos de baixo) em 30 diferentes modelos, incluindo os 1,6 mil que acabam de chegar à empresa do bairro Santa Catarina.

A empresária lamenta, porém, que os esforços nem sempre se traduzam em negócios. O nicho de eventos é sazonal, diminuindo nos meses de inverno, o que gera mão de obra ociosa e custos elevados. 

E há agravante extra, desabafa Zeli: muitos clientes daqui ainda preferem muitas vezes buscar produtos de fora de Caxias do Sul, desprestigiando quem gera emprego, renda e apoia causas sociais e eventos benemerentes com o empréstimo de materiais. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros