Após protestos contra aumento dos combustíveis, rodovias da Serra estão liberadas - Economia - Pioneiro

Versão mobile

 

Caminhoneiros21/05/2018 | 20h01Atualizada em 21/05/2018 | 20h10

Após protestos contra aumento dos combustíveis, rodovias da Serra estão liberadas

Manifestações aconteceram na ERS-122 durante o final da tarde desta segunda-feira

Após protestos contra aumento dos combustíveis, rodovias da Serra estão liberadas Marcelo Casagrande/Agencia RBS
ERS-122, entre Caxias e Farroupilha, foi parcialmente trancada Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Os sucessivos aumentos dos combustíveis, principalmente do óleo diesel, desencadearam vários protestos de caminhoneiros em 17 Estados do país, entre eles o Rio Grande do Sul.  Na Serra, no final da tarde de hoje, dois pontos da ERS-122,  foram trancados parcialmente. Um deles, em Caxias do Sul,  no km 70 (próximo ao Viaduto Torto), no sentido Caxias/Farroupilha,  e o segundo na chegada à cidade de Flores da Cunha.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual de Farroupilha, os pontos já estão liberados para o tráfego.  Os caminhões estão estacionados às margens da rodovia.

Pela manhã, um grupo de cerca de 50 caminhoneiros bloqueou a ERS-122, em São Sebastião do Caí , desde as 6h. 

Os 12 sindicatos integrantes da Federação dos Caminhoneiros Autônomos (Fecam-RS) decidiram aderir à greve nacional proposta pela categoria. As manifestações, no entanto, começaram cedo, antes da decisão. Os caminhoneiros protestam contra o aumento do preço do óleo diesel. 

Outro ponto de manifestação foi na altura do Km 40,9 da BR-116, em Vacaria. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, foi colocado fogo com pneus à margem da rodovia.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros