Pesquisa mostra quem são os gaúchos da Serra - Economia - Pioneiro
 

Perfil20/04/2018 | 18h23Atualizada em 20/04/2018 | 18h33

Pesquisa mostra quem são os gaúchos da Serra

Grupo RBS apresenta levantamento que revela o perfil do povo gaúcho, com recortes da região

Pesquisa mostra quem são os gaúchos da Serra Porthus Junior/Agencia RBS
O diretor-executivo de Marketing da RBS, Marcelo Leite apresentou dados da pesquisa. Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

As melhores decisões empresariais são baseadas em dados e fatos. Para isso é preciso entender o que as pessoas sentem e criar uma conexão efetiva. Este  foi o propósito do estudo Persona apresentado nesta sexta-feira pelo Grupo RBS, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), que revelou quem são, o que pensam e quais os sonhos dos gaúchos, com recortes da região Nordeste do RS. O encontro reuniu dezenas de empresários e lideranças da Serra e contou com a presença do CEO de Mídias da RBS, Claudio Toigo Filho, e o diretor-executivo de Marketing da RBS, Marcelo Leite.

Com as mudanças acontecendo a uma velocidade surpreendente, as empresas precisam se adaptar no mesmo ritmo. Ter embasamento para tomar posições rápidas e acertadas é determinante para se manter no mercado. O Persona é uma das ferramentas para construir estratégias de marketing efetivas.

— Planejar é importante. No entanto, neste ambiente de incertezas, se demorar muito, o cenário que se planejou pode não mais existir – apontou Toigo. 

Outro ponto destacado pelo CEO é direcionar a sinergia para as oportunidades. 

— O que nos une na RBS é sentir e saber que fazemos um trabalho de qualidade. 

Um dos dados revelados mostrou que, na Serra, o percentual de pessoas que acha que sua situação econômica está melhor é de 40%. No Estado como um todo, quase a metade dos entrevistados, 47%, já percebeu melhoras. Para Marcelo Leite, o comportamento do morador daqui se assemelha mais com o do paulista do que o das demais regiões gaúchas. 

Empreender é uma ideia a longo prazo para a maioria dos gaúchos – 48% não pretendem exercer esta atividade. O motivo principal é a falta de capital. Neste item, o Rio Grande do Sul é tão empreendedor como São Paulo. Quando o assunto é consumo, o estudo mostra que ter carro, casa e viajar estão nos sonhos da maioria dos gaúchos da região Nordeste do Estado.  A confiança também é destacada no levantamento – 47% buscam a informação em um veículo de comunicação local.

A pesquisa também aponta que um terço se insere no modelo classificado como gaúcho fiel, que tem orgulho de ser do do RS e dá importância às tradições, à religião e se sente diferente dos nascidos em outras regiões do país.

REVELAÇÕES DA PESQUISA

99% dos que consideram o momento pior mudaram o comportamento de compra. 49% só compram o necessário.

88%  dos moradores da região Nordeste do Estado valorizam as tradições gaúchas.

72% mudariam o padrão de consumo se a situação econômica melhorasse.

55% dos gaúchos estão aguardando a condição financeira melhorar para realizar seus sonhos de consumo.

 40% acham que a pior face do momento ruim que o RS atravessa é o aumento da violência.

30% estão revoltados com a atual situação do Estado e 40% estão preocupados. 

27% estão realizando outras atividades para complementar a renda formal.

27% acham que para representar o gaúcho não precisa ser “clichê”, pelo contrário. Quanto menos estereótipo em relação ao gaúcho, melhor se sentem representados.

Leia também
Caxias do Sul abre 337 postos de trabalho formais em março

 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros