Magnabosco, de Caxias, projeta crescimento de 20% em 2018 - Economia - Pioneiro
 

Caixa-Forte14/04/2018 | 08h15Atualizada em 14/04/2018 | 08h15

Magnabosco, de Caxias, projeta crescimento de 20% em 2018

A ousadia do percentual está amparada na percepção de recuperação econômica e na boa performance dos setores de moda feminina, masculina, infantil e calçados

Magnabosco, de Caxias, projeta crescimento de 20% em 2018 Duda Mangoni/divulgação
Foi concluída a pintura da fachada da loja centenária, evidenciando as formas por meio da monocromia Foto: Duda Mangoni / divulgação

Para a Casa Magnabosco, que festejará 103 anos de história em setembro, longevidade não rima com acomodação. Pelo contrário: a ambição é sempre pertencer ao seu tempo.

Tanto que a loja, situada em esquina nobre entre as ruas Dr. Montaury e Sinimbu, concluiu recentemente a nova pintura da fachada, que resgatou as cores originais do estilo inspirado no movimento artístico Art Déco. 

A construção histórica, mas não tombada, também ganhou nova iluminação noturna, evidenciando a pureza das formas do prédio por meio da monocromia, utilizando a cor branca como pano de fundo, com apliques em tom sóbrio de cinza. A novidade soma-se ao processo de despoluição visual implementado há alguns anos pelo estabelecimento, seguindo a nova lei municipal.

A nova cara da loja faz eco aos resultados conquistados nos negócios. Após fechar 2017 com avanço de 29% nas vendas e de alcançar crescimento de 14,5% no primeiro trimestre de 2018, a Magnabosco ambiciona incrementar em 20% o faturamento neste ano. 

A ousadia do percentual está amparada na percepção de recuperação econômica e na boa performance dos setores de moda feminina, masculina, infantil e calçados.

A manutenção dos investimentos, o rejuvenescimento da marca, a inclusão de novos departamentos e o reforço no mix de produtos e grifes impulsionaram o fluxo de clientes, número que chega a ultrapassar as 2 mil pessoas por dia, aponta o diretor Pedro Horn Sehbe.

– Ao analisar os números de 2017 e o desempenho do primeiro trimestre de 2018, a mensagem que fica é a de que o consumidor simpatiza com nossa nova proposta, com o modelo store in store (loja dentro da loja) e com a ideia do grande magazine – sintetiza.


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros