Evento em Caxias destaca propostas para facilitar venda e locação de imóveis - Economia - Pioneiro
 

Mercado imobiliário23/03/2018 | 08h30Atualizada em 23/03/2018 | 08h47

Evento em Caxias destaca propostas para facilitar venda e locação de imóveis

Programação se encerra nesta sexta no Intercity

Evento em Caxias destaca propostas para facilitar venda e locação de imóveis Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Locar imóveis sem precisar de fiador e ter as chaves na mão em menos de 24 horas. Esta foi uma das novidades lançadas no evento da Associação Brasileira de Mercado Brasileiro (ABMI), que está acontecendo no Hotel Intercity, em Caxias do Sul, até as 18h desta sexta. A atividade, que também marca os 20 anos da associação e a posse da nova diretoria, provoca o debate de pautas relevantes para o mercado imobiliário, que enfrentou sua maior crise nos últimos dois anos. A tecnologia é uma delas. 

— O objetivo é facilitar os processos. Tanto para o cliente como para as imobiliárias — ressalta o presidente do ABMI, Fernando Gonçalves dos Reis. 

Para isso, o uso da tecnologia e de um banco de dados eficioente são pontos fundamentais. A ideia, segundo o presidente, é a tomada de decisões cada vez mais assertiva. Entre os problemas de mercado apontados por Reis está o da conversão de clientes. Ou seja, escutar, ouvir suas críticas e motivos e, a partir daí, apresentar uma solução.

Um dos recursos apresentados ao cliente é assinatura digital, uma plataforma que dispensa a romaria a cartórios para reconhecer documentos. Reduz custos para a imobiliária e para o cliente.

— Hoje, o cliente tem que ter uma experiência boa no momento da locação ou da compra de um imóvel. Não pode ser uma experiência desgastante —explica Reis. 

Caixa lança nova operação de negócios

A Caixa anunciou ontem no evento uma operação de negócios exclusiva para venda de imóveis que são retomados devido à falta de pagamento. A plataforma está sendo finalizada e deve entrar em funcionamento, em Caxias do Sul, no segundo semestre deste ano. 

O operação visa à negociação de casas e apartamentos que não conseguiram quitar as dívidas e voltaram para o poder da agência. A operação também vai assumir as obras de prédios que não foram finalizados por falta de recursos ou porque as empresas acabaram falindo e não estão mais no mercado.

É possível locar imóvel sem fiador

Pelo menos uma imobiliária de Caxias do Sul já adotou a tecnologia que permite o aluguel de imóveis sem a necessidade de fiador. Há um ano, a Prolar Imóveis se credenciou na startup catarinense Credpago, que desenvolveu um sistema que libera o aluguel do apartamento ou da casa com base no limite do cartão de crédito.

O inquilino só precisa apresentar a última fatura paga do cartão de crédito com limite aprovado correspondente a três vezes o valor do aluguel. Isto é, se o aluguel custa R$ 1 mil, o cliente precisa ter um limite de R$ 3 mil. 

— A imobiliária insere essa informação no sistema e o nosso algoritmo faz uma análise de crédito e atribui um score de crédito a esse cliente. O sistema é desenvolvido para, através dessa informação, fazer uma varredura do comportamento dessa pessoa. Assim, conseguimos determinar a aprovação de cadastro. O cartão serve para análise de risco —explica o CEO da Credpago, Jardel Cardoso. 

Quinze minutos é o tempo que o interessado em alugar um imóvel residencial precisa aguardar para obter uma aprovação. Não precisa assinar papel algum ou ir ao cartório, o procedimento é todo pela internet.  Com o processo concluído, a imobiliária recebe, via sistema, um documento autorizando a assinar o contrato de locação. O valor cobrado para este serviço é 8% do valor do aluguel para ser pago em um ano (12 meses). O custo pode ser repassado ao locatário ou ao proprietário do imóvel. 

A procura pelo serviço, segundo Cardoso, aumenta a cada ano. Hoje a Credpago já conta com 1,4 mil imobiliárias credenciadas. O principal motivo:

— A praticidade e desburocratização. do processo —resume Cardoso.

Leia também
Morte de Naiara repercute na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul
Juventude do PMDB de Caxias do Sul defende Sartori e Rigotto na disputa eleitoral
Vereadora explica que comissão não está envolvida na defesa de homem que confessou assassinato de Naiara, em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros