Vidroforte, de Caxias, inicia processo de recuperação judicial - Economia - Pioneiro
 

Indústria21/02/2018 | 16h02Atualizada em 21/02/2018 | 16h02

Vidroforte, de Caxias, inicia processo de recuperação judicial

Com R$ 46 milhões em dívidas, empresa deve divulgar seu plano de recuperação nos próximos 60 dias

Vidroforte, de Caxias, inicia processo de recuperação judicial Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Vidroforte é a mais nova empresa caxiense a entrar com pedido de recuperação judicial. A 5ª Vara Cível de Caxias do Sul já autorizou a solicitação da companhia, que trabalha com o beneficiamento de vidros e tem o setor automotivo como seu principal cliente. Com fábricas em Caxias e Três Cachoeiras, além de centros de distribuição em quatro Estados brasileiros, a marca agora tem 60 dias para apresentar o seu plano de recuperação aos credores. As dívidas no processo totalizam R$ 46 milhões. 

A recuperação judicial é um mecanismo utilizado por empreendimentos com dificuldades financeiras e tem como objetivo evitar a falência do negócio. Na alternativa, a empresa propõe uma espécie de renegociação dos seus débitos com os credores, que devem aprovar a proposta em assembleia. No caso da Vidroforte, o sócio-proprietário Herberto Heinen afirma que a medida tem um caráter preventivo. 

- Estamos solicitando a recuperação judicial em uma fase que a empresa ainda está saudável. Não queremos deixar ela decair – aponta Heinen. 

O empresário aponta que a empresa sentiu a crise e viu seu faturamento cair 20% desde 2015. A marca faturava em torno de R$ 100 milhões, mas em 2018 deve ter uma receita na casa dos R$ 80 milhões. Sendo assim, a intenção é alongar o pagamento das dívidas com fornecedores e, principalmente, bancos por dez anos. 

Segundo Heinen, as empresas que têm valores a receber da Vidroforte estão a par da situação e não devem dificultar o acordo. A intenção é aprovar o plano de recuperação no decorrer deste ano. 

O dirigente lembra que as atividades em todas as unidades seguem normalmente. Inclusive, recentemente, a empresa contratou mais funcionários para dar conta da carteira de clientes do primeiro semestre. Hoje, a Vidroforte emprega 370 funcionários, sendo 290 deles na operação de Caxias do Sul. 

Leia também:
Preço da gasolina baixa em Caxias e o litro chega a custar R$ 3,89
Municípios dos Campos de Cima da Serra pressionam para legalizar queijo serrano
Municípios dos Campos de Cima da Serra pressionam para legalizar queijo serrano

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros